IRL: Kanaan vence a segunda consecutiva e entra na luta pelo título

O brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green, venceu neste sábado (11/08), o GP e Kentucky, 13º etapa da temporada. Foi a segunda vitória consecutiva de Kanaan, e a quarta no ano. Em 2º chegou o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, com o norte-americano A.J.Foyt IV, da Vision, conquistando o seu primeiro pódio na categoria, em 3º.
Em breve a cobertura completa.

Partindo da pole position Kanaan manteve a ponta na largada, seguido pelo escocês Dario Franchitti, da Andretti-Green e Dixon. Na 20º volta o norte-americano Sam Hornish Júnior, da Penske, superou Dixon.


Na 36º volta Hornish rodou na entrada da reta oposta, acertando o inglês Dan Wheldon, da Ganassi. Ambos abandonaram na hora. Os pilotos aproveitaram a bandeira amarela para o primeiro pit stop. Franchitti assumiu a ponta, seguido por Kanaan.


O escocês passou a ser pressionado pelo companheiro de equipe, que o superou na segunda rodada de pits, na 91ºvolta. Dixon também passou Franchitti , assumindo o segundo lugar. Na 108º volta, Franchitti voltou à segunda posição.


A segunda amarela da prova, na 125º volta, devido a detritos na pista, colocou Dixon na liderança da prova, depois das paradas nos boxes. Wheldon retornou a pista na 129º volta, para dar 2 voltas e ganhar a posição de Hornish na classificação final.


Logo na relargada, na 132º volta, Kanaan e Franchitti passaram Dixon, que pouco depois superou o escocês, indo para a 2º posição. Kanaan livrou uma boa vantagem na frente, deixando a luta pela 2º posição entre Dixon e Franchitti.


Na 168º volta Dixon teve um alivio na pressão que sofria de Franchitti, que errou, perdeu o traçado e perdeu várias posições. Kanaan e Helio Castroneves, da Penske, se tocaram, de leve, quando o piloto da Andretti-Green colocava uma volta em cima de seu compatriota.


Kanaan, Dixon e Franchitti entraram juntos nos pits na179º volta. O escocês trocou o bico do carro, devido a uma entrada desastrosa nos pits, em que passou pela grama. Na volta seguinte veio a terceira amarela da prova, quando a norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green, rodou, sozinha, na saída dos boxes. Ela foi empurrada para retornar a pista, mas o pneu traseiro direito estourou e ela passou, de costas, entre a pick-up de resgate e o muro, batendo logo depois. Interessante foi ouvir os narradores da rede de televisão brasileira, que cobria a prova, discutirem várias teorias para a rodada da norte-americana, falando até em amadorismo da organização da prova, para só depois de várias repetições da batida, perceberem que o pneu havia estourado. Coisa que o telespectador já sabia há tempos.


O norte-americano A.J.Foyt IV, da Vision, que chegou a ser considerado o rei das lambanças nas pistas, assumiu a liderança da prova, até a relargada, na 190º volta, quando Kanaan o superou fácil, assim como Dixon.


Kanaan venceu seguido por Dixon, Foyt, Marco Andretti, da Andretti-Green, Tomas Scheckter, da Vision e Scott Sharp, da Rahal-Letterman, completando os seis primeiros.


E para coroar o dia de tantas trapalhadas, Dario, depois de receber a quadriculada na 8º posição, decolou após acertar a traseira do carro do japonês Kosuke Matsuura, da Super-Aguri Panther, caindo com o carro todo arrebentado, repetindo assim o vôo em Michigan. Felizmente ele nada sofreu novamente. Ele, com certeza, precisa enviar mais uma carta a Dallara, fabricante do carro, agradecendo novamente a resistência do monoposto.


Castroneves terminou na 9º posição, logo a frente de Vitor Meira, da Panther.


Franchitti tem agora apenas oito pontos de vantagem para Dixon, 518 contra 510. Kanaan, depois de duas vitórias seguidas, entrou novamente na luta pelo título, com 466 pontos. Faltam três provas para o final da temporada, duas em circuito misto e um oval.


A próxima prova acontece no dia 26 de agosto, em Sonoma.


Final:


1 Tony Kanaan  200 voltas
2 Scott Dixon  200
3 A.J. Foyt IV  200
4 Marco Andretti 200
5 Tomas Scheckter 200
6 Scott Sharp 200
7 Ed Carpenter 200
8 Dario Franchitti  200
9 Helio Castroneves  199
10 Vitor Meira 199
11 Kosuke Matsuura  199
12 Buddy Rice 199
13 Darren Manning 198
14 Sarah Fisher 197
15 Ryan Hunter-Reay 183
16 Danica Patrick  180
17 Dan Wheldon  37
18 Sam Hornish Jr.  35


 


Campeonato:


1 Dario Franchitti 518 
2 Scott Dixon 510
3 Tony Kanaan 466
4 Dan Wheldon 388
5 Sam Hornish Jr. 379
6 Helio Castroneves 358
7 Scott Sharp 347
8 Danica Patrick 337
9 Marco Andretti 311
10 Tomas Scheckter 304
11 Buddy Rice 293
12 Vitor Meira 285

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *