IRL: Sam Hornish Jr é tri-campeão da IRL

O norte-americano Sam Hornish Jr, da Penske, sagrou-se tri-campeão da IRL, ao chegar em 3º lugar neste domingo (10/10) no GP de Chicago. A vitória foi do inglês Dan Wheldon, da Ganassi, com seu companheiro de equipe, o neozelandês Scott Dixon, em 2º. O brasileiro Helio Castroneves, da Penske, que liderava o campeonato até esta etapa, terminou em 4º.

 


Na largada os carros da Ganassi assumiram a ponta. Na 11º volta à bandeira amarela foi acionada, devido a detritos na pista, inclusive a câmera de algum carro. Praticamente todos pararam nos pits para reabastecimento e troca de pneus.


 


O norte-americano A.J.Foyt, da Andretti-Green, que não parou nos boxes, sentiu uma emoção inédita ao assumir a liderança da prova. Castroneves levou uma punição por excesso de velocidade nos pits, tendo que ir para o final do pelotão.


 


Na relargada Wheldon reassumiu a ponta, seguido por Dixon, Hornish e o brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green. Castroneves era o 13º. Wheldon fez seu segundo pit stop na 64º volta, junto com Castoneves, que já era o 4º colocado. Depois que todos pararam Wheldon voltou a liderança.


 


Na 117º volta, Wheldon e Castroneves pararam novamente juntos nos pits. Mesmo perdendo tempo, Wheldon não perdeu a liderança depois que todos pararam.


 


Faltando 52 voltas para o fim da corrida foi acionada a segunda bandeira amarela da prova, por causa de detritos na curva 4. Todos fizeram mais um pit stop, e Hornish Jr saiu na frente.


 


Na relargada, na 156º volta, Wheldon retomou a liderança e na seguinte Dixon passou Hornish Jr. Castroneves vinha em 4º.


 


Faltando quatro voltas para a bandeirada final, Hornish Jr passou Dixon, que retomou a 2º posição na volta seguinte. Wheldon venceu com 0s1897 de vantagem sobre Dixon, garantindo o vice-campeonato de 2006.


 


Vitor Meira da Panther foi o 6º colocado e Tony Kanaan, da Andretti-Green, o 7º.


 


Hornish Jr e Wheldon terminaram empatados com 475 pontos e o norte-americano levou o titulo por ter mais vitórias na temporada, quatro contra duas do inglês. Castroneves foi o 3º, dois pontos atrás.


 


Final:


 


1) Dan Wheldon (ING/Ganassi), 200 voltas em 1h33min37s2662
2) Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 0s1897
3) Sam Hornish Jr. (EUA/Penske), a 0s2323
4) Helio Castroneves (BRA/Penske), a 2s6913
5) Ed Carpenter (EUA/Vision), a 1 volta
6) Vitor Meira (BRA/Panther), a 1 volta
7) Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 1 volta

8) Jeff Simmons (EUA/Rahal-Letterman), a 1 volta
9) Scott Sharp (EUA/Fernández), a 1 volta
10) Tomas Scheckter (AFS/Vision), a 1 volta
11) Kosuke Matsuura (JAP/Super Aguri-Fernández), a 1 volta
12) Danica Patrick (EUA/Rahal-Letterman), a 1 volta
13) Buddy Rice (EUA/Rahal-Letterman), a 1 volta
14) A. J. Foyt IV (EUA/Andretti-Green), a 2 voltas
15) Bryan Herta (EUA/Andretti-Green), a 2 voltas
16) Sarah Fisher (EUA/Dreyer & Reinbold), a 2 voltas
17) Jeff Bucknum (EUA/A.J. Foyt), a 2 voltas
18) Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 2 voltas
19) Marty Roth (CAN/Roth), a 40 voltas


Campeonato:


1) Sam Hornish Jr., 475
2) Dan Wheldon, 475
3) Helio Castroneves, 473
4) Scott Dixon, 460
5) Vitor Meira, 411
6) Tony Kanaan, 384

7) Marco Andretti, 325
8) Dario Franchitti, 311
9) Danica Patrick, 302
10) Tomas Scheckter, 298
11) Bryan Herta, 289
12) Scott Sharp, 287
13) Kosuke Matsuura, 273
14) Ed Carpenter, 252
15) Buddy Rice, 234
16) Jeff Simmons, 217
17) Felipe Giaffone, 142
18) Buddy Lazier, 122
19) Eddie Cheever Jr., 114
20) Jeff Bucknum, 97
21) Ryan Briscoe, 83
22) P. J. Chesson, 54
23) Marty Roth, 36
24) Michael Andretti, 35
25) Sarah Fisher, 32
26) Max Papis, 16
27) A.J. Foyt IV, 16
28) Roger Yasukawa, 14
29) Jaques Lazier, 13
30) Roberto Moreno, 12
31) Airton Daré, 12

32) P. J. Jones, 12
33) Tomas Enge, 12
34) Townsend Bell, 12
35) Al Unser Jr., 12
36) Arie Luyendyk Jr., 10
37) Stephan Gregoire, 10
38) Larry Foyt, 10
39) Thiago Medeiros, 10
40) Paul Dana, 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *