Super GT: Vitória de Sebastien Philippe / Shinya Hosokawa em Motegi

Bom desempenho de Honda e Toyota muda panorama do campeonato japonês.

 


A dupla franco-nipônica Sebastien Philippe/Shinya Hosokawa confirmou o bom desempenho do Honda NSX e venceu neste domingo (10/9) os 300 km de Motegi, pulando da nona posição para a liderança do Campeonato Japonês de Super GT, empatados em 68 pontos com a dupla nipo-germânica Juichi Wakisaka/Andre Lotterer, com Toyota Lexus SC430, que terminaram em segundo e subiram do quinto posto depois de sete etapas. Com Nissan Fairlady Z, o brasileiro João Paulo de Oliveira e o japonês Naoki Yokomizo terminaram a antepenúltima prova em 11º e agora ocupam o 12º lugar na temporada.


O circuito de 4,8 km de Twin Ring Motegi privilegia os carros com potência em baixas rotações, o que é determinante nas saídas de curvas. Como os Nissan são os únicos carros que utilizam turbo-compressor na categoria, eles não têm boa retomada de velocidade e levam desvantagem em relação aos outros carros aspirados. “De qualquer maneira consegui fazer uma boa prova. Mantive a minha posição na largada, liderei o carros da Nissan e entreguei em oitavo, bem próximo dos dois que estavam a minha frente”, comentou João Paulo, que a cada corrida tem aumentado o seu prestígio junto a cúpula da Nissan. A penúltima etapa do mais importante certame asiático de carros GT será realizada no dia 15 de outubro, no circuito japonês de Autopolis.


Os primeiros nos 300 km de Motegi foram:
1– 100 Sebastien Philippe / Shinya Hosokawa (Honda NSX), 63 voltas, 1h56min20s804;
2 – 36 Juichi Wakisaka / Andre Lotterer (Toyota Lexus SC430), a 17s666;
3 – 1 Yuji Tachikawa / Toranosuke Takagi (Toyota Lexus SC430), a 46s509;
4 – 6 Akira Iida / Tatsuya Kataoka (Toyota Lexus SC430), a 52s301;
5 – 18 Ryo Michigami / Takashi Kogure (Honda NSX), a 52s937;
6 – 24 – Masataka Yanagida / Seiji Ara (Nissan Fairlady Z), a 1min15s596;
7 – 35 Naoki Hattori / Peter Dumbreck (Toyota SC), a 1min23s634;
8 – 32 Loic Duval / Hideki Mutoh (Honda NSX), a 1min23s705;
9 – 66 Andre Couto / Katsuyuki Hiranaka (Toyota Supra), a 1min44s754;
10 – 22 Michael Krumm / Richard Lyons (Nissan Fairlady Z), a 1min46s577;
11 – 3 João Paulo de Oliveira / Naoki Yokomizo (Nissan Fairlady Z), a 1min53s545;
12 – 25 Manabu Orido / Takeshi Tsuchiya (Toyota Supra), a 1 volta;
13 – 12 Benoit Treluyer / Kazuki Hoshino (Nissan Fairlady Z), a 1 volta;
14 – 23 Satoshi Motoyama / Tsugio Matsuda (Nissan Fairlady Z), a 4 voltas;
15 – 8 Daisuke Ito / Ralph Firman (Honda NSX), a 18 voltas.


O Campeonato Japonês de Super GT está assim depois de sete etapas:
1 – 36 Juichi Wakisaka / Andre Lotterer (Toyota Lexus SC430), 68;
2 – 100 Sebastien Philippe / Shinya Hosokawa (Honda NSX), 68;
3 – 1 Yuji Tachikawa / Toranosuke Takagi (Toyota Lexus SC430), 65;
4 – 22 Michael Krumm / Richard Lyons (Nissan Fairlady Z), 65;
5 – 8 Daisuke Ito / Ralph Firman (Honda NSX), 63;
6 – 12 Benoit Treluyer / Kazuki Hoshino (Nissan Fairlady Z), 59;
7 – 18 Ryo Michigami / Takashi Kogure (Honda NSX), 52;
8 – 35 Naoki Hattori / Peter Dumbreck (Toyota SC), 47;
9 – 23 Satoshi Motoyama / Tsugio Matsuda (Nissan Fairlady Z), 44;
10 – 6 Akira Iida / Tatsuya Kataoka (Toyota Lexus SC430), 35;
11 – 32 Loic Duval / Hideki Mutoh (Honda NSX), 31;
12 – 3 João Paulo de Oliveira / Naoki Yokomizo (Nissan Fairlady Z), 26;
13 – 24 Erik Comas / Masataka Yanagida (Nissan Fairlady Z), 18;
14 – 25 Manabu Orido / Takeshi Tsuchiya (Toyota Supra), 16;
15 – 66 Andre Couto / Katsuyuki Hiranaka (Toyota Supra), 11 pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *