IRL: Scott Dixon vence em Nashville

O neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, venceu o GP de Nashville, na noite deste sábado (15/07). Em 2º chegou seu companheiro de equipe, o britânico Dan Wheldon, e o brasileiro Vitor Meira, da Panther, completou o pódio.

 


O pole-position Dan Wheldon manteve a ponta na largada, seguido por Hornish Jr e Tony Kanaan da Andretti-Green, que fez uma ótima largada. Meira em 6º e Helio Castroneves, que largou de 3º, em 8º.


 


Na 45º volta, a boa corrida de Kanaan ficou prejudicada quando ele parou nos boxes com problemas elétricos, perdendo 17 voltas.


 


Os primeiros pits começaram na 57º volta. Scott Sharp, da Fernandez Racing, ficou parado no meio dos pits na 61º volta, três depois veio a primeira amarela da prova. Buddy Rice, da Rahal-Lettermann, ficou lento na pista, foi para os boxes a abandonou.


 


Na relargada, na 73º volta, Wheldon e Hornish Jr mantiveram as posições com Dixon em 3º. Hornish Jr superou Wheldon na88º volta. Mas a sua liderança durou apenas 5 voltas, com Wheldon voltando à ponta.


 


Na 130º volta Hornish Jr abandonou depois de, na tentativa de superar Meira, bateu no muro, rodar várias vezes, parando no muro interno do circuito. Os pilotos, que haviam parado nos boxes em bandeira verde, a poucas voltas, aproveitaram para fazerem um splash and go. Dixon não parou e assumiu a ponta. A relargada aconteceu na 138º volta.


 


Kosuke Matsuura, da Super Aguri Fernadez, que vinha bem na corrida, bateu forte na 163º volta. Alguns pilotos fizeram o seu último pit stop. A relargada veio na 174º volta, com Meira passando Hornish, indo para o 2º lugar. Mas a dez voltas da bandeirada de chegada, o inglês retomou a posição.  Helio terminou em 5º e Kanaan abandonou na 170º volta.


 


Com a vitória de Dixon e o abandono de Hornish Jr, o campeonato embolou de vez, com quatro pilotos separados por apenas 16 pontos.


 


A próxima etapa acontece no dia 23 de julho, em Milwaukee.


 


Confira a classificação final:


1) Scott Dixon (NZL/Ganassi), 200 voltas em 1h37min37s
2) Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 0s1176
3) Vitor Meira (BRA/Panther), a 1s2756
4) Danica Patrick (EUA/Rahal-Letterman), a 2s5019
5) Helio Castroneves (BRA/Penske), a 3s5647
6) Dario Franchitti (ESC/Andretti-Green), 11s9449
7) Jeff Simmons (EUA/Rahal-Letterman), a 1 volta
8) Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 1 volta
9) Ryan Briscoe (AUS/Dreyer & Reinbold), a 1 volta
10) Ed Carpenter (EUA/Vision), a 2 voltas
11) Bryan Herta (EUA/Andretti-Green), a 2 voltas


Abandonos:


Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), 170/abandono
Kosuke Matsuura (JAP/Super Aguri-Fernández), 162/acidente
Sam Hornish Jr. (EUA/Penske), 128/acidente
Tomas Scheckter (AFS/Vision), 121/mecânico
Buddy Rice (EUA/Rahal-Letterman), 61/elétrico
Scott Sharp (EUA/Fernández), 58/elétrico
Jeff Bucknum (EUA/A.J. Foyt), 36/acidente


Campeonato:


 


1) Sam Hornish Jr. 316 pontos


2) Scott Dixon  311


3) Hélio Castroneves 310


4) Dan Wheldon 300


5) Vitor Meira  262


6) Tony Kanaan  224


7) Dario Franchitti  203


8) Marco Andretti  196


9) Danica Patrick  191


10) Kosuke Matsuura 190


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *