IRL: Tony Kanaan vence em Milwaukee

O brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Grenn, venceu neste domingo (22/07) o GP de Milwaukee. Foi a primeira vitória do campeão de 2004 no ano. Em 2º chegou o norte-americano Sam Hornish Jr, da Penske, com o sul-africano Tomas Scheckter, da Vision, completando o pódio.

 


Na largada o pole-position Helio Castroneves, da Penske, manteve a ponta, com Kanaan fazendo uma ótima largada, de 4º o 2º posto. Na 32º volta Kanaan passou Castronevese e assumiu a liderança da prova. A primeira sessão de pits stops começou na 70º volta. Depois que todos pararam Kanaan manteve a ponta.


 


A primeira bandeira amarela aconteceu na 95º volta, devido a óleo na pista. Alguns pilotos aproveitaram para pararem nos pists. A relargada veio na 108º volta. Mas três voltas depois Helio Castroneves se envolveu em um toque com Ed Carpenter, da Vision. A suspensão dianteira do carro do brasileiro quebrou e ele foi para os pits. Os mecânicos então começaram a trabalhar no carro. Helio saiu do carro muito chateado. Carpenter também foi para os boxes abandonando.


 


A corrida recomeçou na 117º volta. O escocês Dario Franchitti, da Andretti-Green, assumiu a ponta, com Kanaan em 2º e o brasileiro Vitor Meira, da Panther, em 3º. Na 133º volta, Kanaan voltou a ponta da corrida.


 


Meira bateu no muro na 136º volta, ocasionando uma nova bandeira amarela. Todos foram novamente pra os pits. O norte-americano Marco Andretti, da Andretti-Green, passou por cima da mangueirade combustível do carro da Kanaan, o que ira lhe render uma punição. E Helio Castroneves retornou a pista, na busca de alguns pontinhos.


 


Na relargada na 147º volta a liderança era de Marco Andretti, com Tony em 2º. E ai começou uma discussão entre a equipe Andretti-Green e a direção de prova, para saber se o jovem piloto iria ou não fazer um drive-through por causa do incidente em sua parada nos boxes.


 


A bandeira para que Andretti pagasse a sua punição não vinha então Kanaan tratou de ir pra cima de seu companheiro de equipe. Colocou seu carro lado a lado do norte-americano e na 180º volta, passou reassumindo a liderança.


 


A última bandeira amarela aconteceu na 200º volta, quando Jeff Bucknun, da A.J.Foyt, bateu no muro. A relargada aconteceu dez voltas depois. Hornish Jr foi para cima de Andretti, assumindo o 2º lugar. E Scheckter passou Franchitti e Andretti para garantir um lugar no pódio. Helio terminou em 14º, a 55 voltas.


 


Hornish Jr lidera o campeonato com 356 pontos, Scott Dixon, é o vice-líder com 331, seguido por Castroneves com 226. Meira e Kanaan estão empatados na 5º posição com 277 pontos.


 


A próxima etapa da IRL está marcada para o dia 30 de julho, em Michigan.


Final:

1) Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), 225 voltas em 1h44min21s
2) Sam Hornish Jr. (EUA/Penske), a 1s8276
3) Tomas Scheckter (AFS/Vision), a 2s0114
4) Danica Patrick (EUA/Rahal-Letterman), a 8s4708
5) Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 10s2611
6) Dario Franchitti (ESC/Andretti-Green), a 11s2373
7) Bryan Herta (EUA/Andretti-Green), a 14s1195
8) Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 1 volta
9) Jeff Simmons (EUA/Rahal-Letterman), a 2 voltas
10) Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 2 voltas

Campeonato:

1) Sam Hornish Jr., 356 pontos
2) Scott Dixon, 331
3) Helio Castroneves, 326
4) Dan Wheldon, 324
5) Tony Kanaan, 277
6) Vitor Meira, 277
7) Dario Franchitti, 231
8) Marco Andretti, 226
9) Danica Patrick, 223
10) Bryan Herta, 215


Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *