Stock: Cacá Bueno vence em Londrina e é o grande favorito de 2006

O carioca Cacá Bueno da Equipe RC-Eurofarma venceu nesse domingo (23/07) a etapa de Londrina da Stock Car V8.


Depois de marcar o melhor tempo na Super Classificação, o que lhe garantiu a primeira posição no grid de largada, com o carro alinhado na pista a equipe descobriu um problema com a bomba hidráulica do carro número 0.

Utilizando massa plástica para realizar o reparo e contando com um pouco de sorte, Meinha, dono da Equipe RC garantiu a quinta vitória consecutiva na Stock Car V8, a quarta vitória de Cacá Bueno na temporada (a outra vitória foi de Antônio Jorge Neto).

Na largada Cacá Bueno conseguiu manter a liderança, seguido por Mateus Greipel e Thiago Camilo. A primeira volta aconteceu sem maiores problemas no travado circuito de Londrina, contando apenas com escapas de pista de Paulo Salustiano e Ruben Fontes, esse último quase atingindo seu companheiro de equipe Rodrigo Sperafico.

Thiago Camilo em uma boa manobra conseguiu tomar a segunda posição de Greipel. O catarinense mostrando desempenho inferior aos concorrentes, formou uma fila indiana atrás de seu Astra número 34.

Giuliano Losacco e Antonio Jorge Neto que vinham logo em seguida não conseguiram ultrapassar Greipel, que em momento algum utilizou de manobras desleais.

Conforme a corrida seguia para o seu final, a fila atrás de Greipel continuava a aumentar, com Pedro Gomes, Ricardo Maurício, Duda Pamplona e Felipe Maluhy seguindo atrás de Losacco e Jorge Neto, fazendo uma fila de 7 carros.

No final da prova, Thiago Camilo foi obrigado a entrar nos boxes devido a um furo no pneu dianteiro esquerdo, o que lhe tirou o segundo lugar.

Cacá Bueno venceu a prova com 11s925 de vantagem em relação a Mateus Greipel, tornando-se o grande favorito para a temporada 2006, já garantido para os playoffs.

Confira a classificação final da corrida em Londrina:

1º) Cacá Bueno (ML, RJ), 33 voltas em 46:59.452 (média de 132.51 km/h)
2º) Mateus Greipel (CA, SC), a 11.925
3º) Giuliano Losacco (CA, SP), a 12.232
4º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 12.606
5º) Pedro Gomes (VB, SP), a 13.292
6º) Ricardo Mauricio (ML, SP), a 13.911
7º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 14.679
8º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 14.940
9º) Thiago Marques (VB, PR), a 17.783
10º) Hoover Orsi (VB, MS), a 18.952
11º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 19.573
12º) Guto Negrão (CA, SP), a 19.821
13º) Popó Bueno (CA, RJ), a 20.171
14º) Luciano Burti (VB, SP), a 20.664
15º) Christian Fittipaldi (ML, SP), a 21.211
16º) Nonô Figueiredo (CA, SP), a 21.719
17º) Gualter Salles (CA, RJ), a 32.025
18º) Ruben Fontes (CA, GO), a 33.182
19º) Fábio Carreira (CA, SP), a 34.410
20º) Felipe Gama (CA, SP), a 38.621
21º) Rodrigo Sperafico (CA, PR), a 39.038
22º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 40.460
23º) Christian Conde (ML, SP), a 59.825
24º) Marcelo Siqueira (CA, SP), a 1:43.603
25º) Thiago Camilo (CA, SP), a 1 volta
26º) Luiz Carreira (CA, SP), a 1 volta
27º) Mano Rola (CA, CE), a 1 volta
28º) Hybernon Cisne (CA, CE), a 2 voltas
29º) Wellington Justino (CA, GO), a 14 voltas
30º) Chico Serra (VB, SP), a 15 voltas
31º) Paulo Salustiano (CA, SP), a 16 voltas
32º) Diogo Pachencki (CA, PR), a 21 voltas
33º) Juliano Moro (ML, RS), a 24 voltas
34º) Valdeno Brito (CA, PB), a 27 voltas
35º) Allam Khodair (CA, SP), a 31 voltas
36º) Carlos Alves (VB, SP), a 31 voltas
37º) David Muffato (VB, PR), a 32 voltas

Melhor Volta: Antonio Jorge Neto, 1:18.382

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *