IRL: Toque de Danica tira chance de vitória de Kanaan

Kanaan entrou no pit em 2º e saiu em 18º com 9 voltas de desvantagem.

Um acidente no primeiro pit stop do GP do Kansas acabou com as chances do pole-position Tony Kanaan de brigar pela vitória e pela liderança do campeonato da Fórmula Indy. Após liderar as oito primeiras voltas e se manter na 2ª colocação, logo atrás do inglês Dan Wheldon, até a 50ª volta, Kanaan entrou para a sua primeira visita aos boxes. Quando se preparava para alinhar o carro à frente de seus mecânicos, recebeu um toque da norte-americana Danica Patrick, companheira na Andretti Green, que foi liberada para deixar o pit no mesmo instante. O choque causou a quebra de um braço da suspensão dianteira esquerda de Kanaan, que ficou nove voltas parado para o conserto, minando qualquer chance de brigar pela ponteira da disputa. Kanaan retornou em 18º e ainda terminou na 15ª colocação a 8 voltas de Wheldon, vencedor do GP.

“Foi um dia extremamente decepcionante para nós, até porque eu sabia que tinha carro capaz de vencer a prova. Estávamos no ritmo do Dan. Agora, é respirar fundo e focar 100% em Indianápolis, onde teremos um longo mês pela frente”, lamentou o baiano, campeão da categoria em 2004. Patrick também comentou o incidente. “Olhei para o meu mecânico e ele disse para eu ir. Eu me senti muito mal, pois o Tony tinha um carro muito rápido e isso custou a chance da equipe vencer a corrida”, completou a norte-americana, que terminou na 7ª colocação.

O acidente também derrubou Kanaan na classificação geral. O brasileiro, vice-líder antes da prova deste domingo, caiu para a 5ª colocação no campeonato, e a desvantagem para Wheldon, subiu de 3 para 41 pontos. Mesmo assim, Kanaan acredita na recuperação. “Lógico, o início de competição é importante, mas ainda tem muita coisa para acontecer”. Após a 4ª etapa concretizada, ainda restam 13 provas até fim do calendário.

Aliás, a próxima etapa da Fórmula Indy será a mais importante prova do ano, as 500 Milhas de Indianápolis, no dia 27 de maio. Os pilotos e equipes passam o mês inteiro no Indianápolis Motor Speedway se preparando para a corrida mais tradicional do mundo, que chega a sua 91ª edição.

Confira o final do GP do Kansas:
1- Dan Wheldon
2- Dario Franchitti
3- Helio Castroneves
4- Scott Dixon
5- Tomas Scheckter
6- Sam Hornish Jr
7- Danica Patrick
8- Vitor Meira
9- A.J. Foyt IV
10- Jeff Simmons
11- Darren Manning
12- Sarah Fisher
13- Scott Sharp
14- Milka Duno
15- Tony Kanaan
16- Alex Barron

Não completaram:
17- Ed Carpenter
18- Kosuke Matsuura
19- Marco Andretti
20- Buddy Rice
21- Marty Roth

Foto: Steve Snoody/IRL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *