F3 Sulamericana: Motor deixa Starostik a pé

A 2ª etapa do XXI Campeonato Sul-Americano de Fórmula acabou sendo uma sucessão de problemas para o paranaense William Starostik, da Dragão Motorsport. O piloto, que também disputa o Brasileiro da Copa Nextel Stock Car V8, desembarcou na capital gaúcho disposto a melhorar sua posição na tabela, que era até então a 7ª colocação no torneio continental, mas problemas o fizeram retornar à Curitiba de mãos vazias.

No sábado o problema foi com o acelerador travado, que inclusive lhe ocasionou uma forte batida, com lesionamento leve na mão. No domingo tudo ia muito bem até o momento do alinhamento. Devido a demora no sinal da televisão os carros foram imobilizados no grid, e no momento do reacionamento o motor Berta se recusou a funcionar.
 
A equipe teve de empurrar o carro para que o mesmo voltasse a funcionar, e a direção de prova decidiu que o piloto deveria largar dos boxes. Ainda assim Starostik largou muitíssimo bem, e rapidamente evoluiu até a 11ª posição, mas o motor novamente começou a falhar.
 
Na 15ª passagem o motor se calou de vez deixando o piloto à pé, e forçando-lhe a uma longa caminhada aos boxes.
 
“Foi um final de semana para esquecer”, declarou Starostik. “Na largada o motor já apresentou um problema, mas na corrida cheguei até pensar que poderia terminar nos pontos, aí ele parou de vez”, completou o piloto, que neste final de semana já tem compromisso na Stock V8 em Curitiba.
 
A vitória sorriu para o brasilientes Geovane Cerutti, que já havia conquistado o triunfo também no sábado. A próxima etapa da Fórmula 3 Sul-Americana acontece nos dias 26 e 27 de maio no Autódromo Internacional de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *