Kart: 500 Milhas da Granja Viana de Kart: corrida definirá o grid

Com tevê garantida, organizadores anunciam mudança nos treinos classificatórios.

Os organizadores das 500 Milhas da Granja Viana de Kart anunciaram novo formato para definição do grid da 13ª edição, marcada para dia 5 de dezembro no Kartódromo Internacional da Granja Viana, em Cotia (Grande São Paulo). A pole será conhecida ao final de uma corrida de 20 minutos, horas antes da largada, e será disputada pelos dez mais rápidos dos grupos A e B (cinco de cada), além dos pilotos convidados. “O objetivo é criar uma prova rápida, atraente para a televisão, que possa ser exibida ao vivo e assim gere boa exposição para os patrocinadores do evento e das equipes”, explicou Felipe Giaffone, prometendo informar brevemente o nome do canal encarregado da transmissão.

Giaffone confirmou ainda que as 500 Milhas da Granja Viana começarão novamente no início da tarde do sábado, depois da bem-sucedida experiência do ano passado. ”Ainda não fechamos definitivamente o horário da largada, mas estimamos que será por volta das 12h30 ou das 13 horas”, continuou o promotor do mais tradicional e concorrido evento do kart nacional.

Outras novidades dizem respeito à esfera desportiva. A partir de agora, os pilotos que entrarem nos boxes serão obrigatoriamente substituídos. “Queremos antecipar a troca de turnos. Entrou nos boxes, dá lugar para um companheiro, a menos que seja apenas para o pagamento de drive-thru”, justificou Giaffone, que decidiu realizar a pesagem dos karts na entrada e na saída dos boxes. “Vamos colocar uma segunda balança na saída para evitar que karts com peso abaixo do mínimo estabelecido pelo regulamento fiquem na pista puxando pilotos da mesma equipe”, justificou.

Giaffone disse ainda que neste ano todos os motores serão desenvolvidos pelos próprios organizadores. “No ano passado, metade era nossa e a outra era da RPC. Agora, nós mesmos vamos cuidar do fornecimento e da equalização de rendimento.” As inscrições foram limitadas a 60 karts em 2009. “Esse é o número mais confortável para a estrutura do local e para o melhor atendimento às equipes”, explicou o dublê de piloto e promotor. A volta da categoria B, em nova formatação, está assegurada. “Antigamente, a categoria B era destinada aos motores mais fracos. Agora, o equipamento é igual ao da A. Quem não garantir entrada na superclassificação da sexta-feira, automaticamente estará na classe B. Na verdade, a idéia é que isso funcione mais como incentivo e premiação extra”, completou Giaffone.

Realizada desde 1997, ano em que o então kartista Felipe Massa integrou a equipe vencedora, a prova atrai nomes das principais categorias internacionais e nacionais. Sempre correndo pela mesma equipe, Rubens Barrichello e Tony Kanaan, com oito títulos cada, são os maiores vencedores das 500 Milhas da Granja Viana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *