Kart: Após metade do campeonato, disputa por vagas na Final Mundial da Copa Rotax fica mais acirrada

Com metade das etapas da Copa Rotax realizadas, a disputa pelas vagas no Rotax Max Challenge Grand Finals está cada vez mais acirrada. A 3ª etapa do campeonato – válida também pelo Rotax Max Challenge Brasil -, aconteceu no último sábado (14) no Kartódromo da Granja Viana, e teve muitas emoções nas disputas das sete categorias do evento. Além disso, as corridas contaram com a participação de vários pilotos estrangeiros, que já visam a preparação para o Sul-Americano de Rotax e a Final Mundial, que serão realizados no Brasil neste ano.

Na Rotax Micro Max, o grid cada vez mais numeroso de jovens pilotos teve vitórias do brasiliense João Pinheiro – que também venceu a etapa – e de Fabricio Filho.

Na Mini Max, Vinícius Tessaro dominou a etapa. O brasiliense marcou a pole position e venceu de ponta a ponta as duas baterias e comemorou o 1º lugar geral. Destaque também para o paraguaio Alejandro Samaniego, que ficou em 2º na etapa e venceu entre os Rookies.

Na Junior Max, Felipe Bartz fez a pole e venceu a corrida 1, enquanto Gabriel Gomez triunfou na 2ª prova. Na etapa, a regularidade de Dudu Trindade, que somou um 2º e um 3º lugar, fizeram com que ele subisse no degrau mais alto do pódio. O piloto, que vem do Recife, passou por um período de adaptação e agora está se destacando em SP, numa categoria marcada pela competitividade, com 3 vencedores diferentes em 3 etapas até agora.

O equilíbrio marcou as disputas do dia na Rotax DD2. Tanto Fernando Stocco quanto Frederico Caparo conquistaram um 1º e um 2º lugar nas baterias, mas, no critério de desempate, Stocco foi o vencedor da etapa. Diego Lozov, que terminou as duas provas no top-5 geral, venceu a etapa na DD2 Masters.

Já na Rotax Max, Guilherme Peixoto e João Cunha foram os primeiros a cruzarem a linha de chegada na corrida 1 e na corrida 2, respectivamente, com Cunha em 1º lugar na etapa. Na Max Masters, Lucas Souza venceu as duas baterias e subiu no alto do pódio.

Assim, o cenário das vagas para o Rotax Max Challenge Grand Finals, dentre os tickets que serão premiados aos campeões da Copa Rotax, começa a se desenhar. Na categoria Rotax Max, João Cunha está em vantagem, enquanto na Rotax DD2, o novo líder é Leonardo Reis e na DD2 Masters, Fernando Guzzi está, por enquanto, mais próximo da classificação.

Em todas as outras categorias, os resultados da Copa Rotax serão somados ao desempenho no Campeonato Brasileiro Rotax – que será realizado em setembro, em Birigui (SP), para a definição das outras vagas para as “Olimpíadas do Kart”. Os resultados exclusivos do Brasileiro de Rotax e do Campeonato Sul-Americano também classificarão mais 10 pilotos para a Final Mundial.

“Temos visto as disputas cada vez mais acirradas em todas as categorias, e um número crescente de participantes, inclusive de estrangeiros. Esse é um grande diferencial da Rotax, dar a oportunidade dos competidores terem uma experiência internacional sem sair do Brasil. Com o novo formato da Copa Rotax, com um total de 10 corridas em 5 etapas, a regularidade dos pilotos é muito importante, então, já começamos a ver os favoritos, apesar de as vagas para o RMC Grand Finals ainda estarem completamente em aberto, o que traz muita emoção para as corridas”, comentou Wilton Santos Junior, da Mach5 Karting, representante exclusiva da Rotax no Brasil.

A próxima etapa da Copa Rotax e do RMC Brasil estão marcadas para o dia 05 de maio, na pista da Granja Viana.

Confira os resultados completos da 3ª etapa da Copa Rotax:

Rotax Micro Max:
1) João Pinheiro – 30 pontos
2) Fabricio Filho – 29
3) Gabriel Koenigkan – 28
4) Luigi di Lazzaro – 26
5) Enzo Bedani – 19
6) Enzo Vidmontiene – 15
7) Enzo Nienkotter – 15
8) Lucca Rossi – 14
9) Murilo Rocha – 11
10) Alberto Bejaro – 11
11) Akyu Myasava – 11
12) Heitor Farias – 11
13) Enzo Bettamio – 10
14) Bernardo Gentil – 6
15) Ivan Bejaro – 5
16) João Vergara – 4
17) Alberto Delmas – 1
18) Lucas Paiva – 0

Rotax Mini Max:
1) Vinicius Tessaro – 34 pontos
2) Alejandro Samaniego – 30
3) Eduardo Ritzmann – 24
4) Wagner Santilli – 23
5) Enzo Pellegrini – 21
6) Lucca Zucchini – 19
7) Pedro de Freitas – 18
8) Antonella Bassani – 13
9) Enrico Martins – 0

Rotax Junior Max:
1) Dudu Trindade – 28 pontos
2) Felipe Bartz – 28
3) Theo Manna – 27
4) Gabriel Gomez – 25
5) Fernando Gonzalez – 21
6) Pedro Sousa – 18
7) Lucas Fávaro – 17
8) Pedro Henrique – 15
9) Nicolas Giaffone – 12
10) Eduardo Dupas – 9
11) Guillermo Britez – 8

Rotax Max:
1) João Cunha – 32 pontos
2) Guilherme Peixoto – 32
3) João Rosate – 26
4) Enzo Prando – 24
5) Luca Travaglini – 21
6) Thiago Lopez – 21
7) Eduardo Vicentini – 15
8) Daniel Coutinho – 13
9) Paulo Coelho – 9
10) Theo Volpe – 9
11) Pedro Burger – 9
12) Marcelo Giarreta – 0

Rotax Max Masters:
1) Lucas Souza – 34 pontos
2) Roberto Azana – 28
3) Leonardo Nienkotter – 27
4) Luis Antonio – 24
5) Michel Aboissa – 23

Rotax DD2:
1) Fernando Stocco – 32 pontos
2) Frederico Capraro – 32
3) Leonardo Reis – 26
4) Rafael Reis – 12
5) Vinicius Kwong – 11
6) Luca Croce – 10
7) Adilson Junior – 9

Rotax DD2 Masters:
1) Diego Lozov – 34 pontos
2) Fernando Guzzi – 30
3) Michel Aboissa – 26
4) Alexandre Trita – 24
5) Munir Aboissa – 20
6) Decio Scartezini – 19
7) Mundy Loyer – 11
8) Roberto Azana – 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *