Kart: Brasileiro defende título Pan-Americano em Buenos Aires no próximo final de semana

Grandes desafios não são mais surpresa na carreira do piloto Felipe Guimarães (WebMotors). Apesar da pouca idade – 16 anos – este brasiliense já disputou corridas de kart em várias circunstâncias, disputou um Mundial da modalidade, venceu provas do Campeonato Francês e, nos três últimos anos, venceu o Pan-Americano de Kart. Em 2004 e 2005, sagrou-se campeão da categoria Sudam Júnior – para pilotos com até 15 anos de idade – respectivamente em Fray Bentos, no Uruguai e em Zárate, na Argentina. No ano passado, promovido à categoria Sudam, voltou a vencer; só que em Florianópolis, em Santa Catarina. Tricampeão consecutivo do torneio, Guimarães vai defender o título e buscar o tetracampeonato a partir desta quinta-feira (19) na cidade de Buenos Aires, na Argentina.

“Conquistar o tetra seria a realização de um sonho. Mas é preciso manter os pés no chão porque o Pan-Americano é um campeonato muito difícil, onde só vale o resultado da última corrida. E, além disso, vou correr na Argentina, onde a maior parte dos pilotos já conhece bem a pista e a concorrência vai ser muito mais forte”, destaca Guimarães.

O campeonato decidido apenas na última corrida

Para a categoria Sudam C, na qual compete o brasiliense Felipe Guimarães, cada piloto deverá disputar cinco provas durante o Pan-Americano de Kart. Serão três baterias eliminatórias que servem para definir os classificados e a ordem de largada na Pré-Final. Esta, por sua vez, tem a única função de formar o grid – através do seu resultado – para a Final. Os resultados obtidos pelo piloto durante todas as eliminatórias e Pré-Final não tem valor nenhum para a decisão do campeonato. O campeão será aquele que cruzar a linha de chegada em primeiro na última corrida, a Final, independente dos seus resultados anteriores no campeonato. “Muitos pilotos escondem o jogo durante todo o final de semana, guardam seus melhores motores só para a última corrida. Tudo isso torna o Pan-Americano muito competitivo e difícil”, comenta Felipe.

Na categoria Sudam C, considerada a classe máxima do kart na América do Sul, o Brasil venceu quatro campeonatos nos últimos sete anos. Em 2000, o campeão Pan-Americano foi Lucas Di Grassi (hoje piloto da GP2); no ano seguinte o Brasil voltou a vencer com Júlio Campos e, em 2002, com Sérgio Jimenez (também piloto da GP2 nesta temporada). Depois vieram três títulos em sequência para a Argentina: em 2003 com Matias Milla e nos dois anos seguintes com Franco Vivian, uma das promessas do kartismo no país. A seqüência foi novamente quebrada no ano passado, quando Felipe Guimarães conquistou seu tricampeonato.

Já na categoria Sudam Júnior do Pan-Americano, o domínio brasileiro é maior. Desde 2000, apenas em 2002 um brasileiro não faturou o título. A seqüência de campeões da categoria neste milênio é: Alan Hellmeinster (em 2000); Carlos Iaconelli (em 2001); Franco Vivian (em 2002); Chrystian Sarkis (2003); Felipe Guimarães (2004 e 2005) e Pedro Bianchini (2006).

Embalado por vitórias

Felipe Guimarães chega para a disputa do Pan-Americano embalado por vitórias nas três últimas competições que disputou no kart. Só no mês de abril ele venceu provas do Super Centro-Oeste de Kart, em seguida venceu no Paulista Light RBC e, no último final de semana, venceu a segunda etapa do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart em Farroupilha, no Rio Grande do Sul. Com o resultado, Guimarães empatou na liderança do campeonato com o paulista Fabiano Machado e tentará o bicampeonato da competição no mês de maio em Curitiba (PR). “Todo o trabalho e corridas que disputei no mês de abril tiveram como objetivo me preparar e conhecer bem o equipamento para o Pan-Americano. Olhando para os resultados que consegui, acredito que posso brigar pelo título na Argentina”, declara, satisfeito, o piloto.

Foto – Felipe Guimarães comemorando o tricampeonato Pan-Americano de Kart na cidade de Florianópolis (SC), em 2006. (Crédito: Luca Bassani).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *