Kart: Centro-Oeste de Kart levou emoção ao Tocantins

Um ano e meio após ter recebido uma prova da Copa Centro-Oeste o Kartódromo Rubens Barrichello, em Palmas – TO, abriu seus portões para sediar a terceira etapa da competição interestadual em sua edição 2009.

Pilotos de várias regiões do país se deslocaram até a capital do estado do Tocantins para participarem das disputas que também foram válidas como única rodada do Campeonato Tocantinense de Kart.
 
Na pista as disputas foram de arrepiar em todas as categorias e o público que compareceu em bom número foi brindado com um espetáculo esportivo de alto nível e grande competitividade.
 
A categoria Fórmula 400 foi a única que realizaou suas duas provas no sábado, dia 30. Pouco antes da primeira bateria uma rápida chuva caiu sobre o kartódromo o que fez várias equipes mudarem suas estratégias para a corrida de 40 minutos. Ainda com o piso molhado foi autorizada a largada e as disputas começaram a todo vapor. Veberlei Gonçalves largou da pole-position e fazia consistente prova quando foi obrigado a parar para reparos no filtro de ar. Com isso, a briga ficou entre Olympio Abrão, Thiago Fraga/Netinho e Pablo Alves que se revezaram na ponta até a parada para pesagem e eventual troca de pilotos. Neste momento Fraga conseguiu abrir certa vantagem e, assim, Netinho, que assumira o kart administrou a vitória até a bandeirada. Pablo chegou em segundo e Abrão, em terceiro. Na segunda bateria brilhou a estrela de Veberlei que, com um kart extremamente rápido, largou da última posição e, após a parada, assumiu a liderança com grande vantagem para o segundo colocado. Desta forma, na segunda metade da prova, o piloto administrou o resultado e recebeu a bandeirada da vitória. Pablo Alves e Olympio Abrão mais uma vez chegaram na segunda e terceira posições. O título tocantinense ficou com Pablo Alves.
 
Dentre os mais jovens pilotos da competição, que disputam a categoria Mirim, destaque para Nathan Willian. O piloto venceu as duas corridas. Porém, na primeira bateria, ele, João Custódio e João Coqueiro, disputaram cada centímetro da pista e somente conseguiram definir quem seria o vencedor na última volta. Custódio chegou em segundo e Coqueiro, em terceiro. Na corrida seguinte, Willian se beneficiou da acirrada disputa entre Coqueiro e Custódio e abriu vantagem na liderança. Desta vez, Coqueiro terminou em segundo e Custódio, em terceiro. Com as duas vitória Nathan comemorou também o título.
 
Também na categoria Cadete, que reuniu 13 karts, as corridas foram muito agitadas. João Vieira, Pedro Piquet, Augusto e José Pereira, João Vitor e Luiz Felipe Branquinho foram os protagonistas de disputas de arrepiar. Na primeira prova o destaque ficou por conta de Luiz Felipe que, mesmo muito pressionado, conseguiu manter-se na primeira colocação e, em cada oportunidade que seus concorrentes começavam a brigar pelo segundo lugar, ele abria um poquinho em relação aos demais. Com isso, conseguiu vencer a prova seguido por seu primo, João Vitor e Piquet, em terceiro. Na segunda corrida foi a vez de João Vieira vencer em brilhante prova de recuperação. Augusto Pereira terminou em segundo com João Vitor e Luiz Felipe em terceiro e quarto. Os dois primos estavam disputando a ponta com João Vieira quando, juntos, na penúltima volta, acabaram rodando e deixando a vitória, tranquila, para Vieira. O título Tocantinense ficou com Luiz Felipe Branquinho.
 
As categorias Júnior e Júnior Menor correram juntas. Um dos destaques do último Campeonato Pan-Americano de Kart o piloto Marco Túlio, correndo em casa, não deu chances na categoria Júnior. Ele venceu a primeira corrida e chegou em segundo na seguinte, conquistando assim o título tocantinense. Ítalo Leão, por sua vez, venceu a segunda corrida e foi o terceiro na primeira. João Câmara, terminou a primeira prova em segundo e, a segunda, na terceira posição. Pela Júnior Menor as disputas também foram muito quentes. Na primeira corrida Marcos Vieira, também do Tocantins, venceu seguido por Gustavo Borges e Pedro Fortes. A segunda prova também foi vencida por Marcos, porém, com Fortes em segundo e Brenno Cesar, em terceiro.
 
As últimas rodadas de corridas reuniram as categorias Graduados e Sênior. O multi-campeão Felipe Fraga, exímio conhecedor da pista, literalmente passeou nas duas apresentações e ficou com o título da Graduados. Na primeira corrida ele foi seguido por Matheus Vieira e Vinícius Perdigão e, na segunda, por Perdigão e Vieira. Pela categoria Sênior, por sua vez, Rodrigo Piquet venceu as duas corridas sob grande pressão de Felipe Neira, na primeira corrida e Cleones Silvas, na segunda, que chegaram em segundo nas duas provas, respectivamente. Nuri Dirani chegou em terceiro na prova da quinta etapa e Neira foi o terceiro, na segunda. Piquet levou o título.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *