Kart: Definidos em Volta Redonda os grids para a primeira safra de campeões brasileiros de kart

Provas começam às 8 horas deste sábado com a disputa das pré-finais

Após 16 largadas em pista seca e sob céu nublado foram definidos os grids de largada para as baterias que vão definir a primeira safra de campeões brasileiros de kart desta temporada. Mais de 150 pilotos enfrentaram os 1.030 metros do kartódromo situado ao lado do antigo aeroclube da cidade e, ao contrário da chuva que acompanhou os treinos oficiais, o asfalto local ficou seco. A maioria das provas aconteceu sem acidentes e dentro de uma atmosfera que consolidou o trabalho desenvolvido pela Comissão Nacional de Kart da atual administração da Confederação Brasileira de Automobilismo, como explicou o presidente desta entidade, Cleyton Pinteiro:

“Comparando com nosso primeiro ano à frente da CBA, o que estamos vendo este ano é um ambiente muito mais familiar, tranqüilo e com um número muito maior de participantes. A parceria formada entre o poder público municipal e a administração do Kartódromo Internacional de Volta Redonda mostraram um caminho a seguir. Nesse processo o empenho da Comissão Nacional de Kart e da Federação de Automobilismo do Estado do Rio de Janeiro foi fundamental para este sucesso.”

Resultados de hoje
Categoria Novatos
O gaúcho Carlos Heinen honrou a tradição de sua família – seu pai e seu tio são pilotos de turismo e GT -, dominou as duas baterias da categoria novatos, mas foi na primeira que demonstrou sua real competitividade: depois de cair para oitavo lugar ele iniciou uma recuperação destacada rumo ao primeiro lugar.
1- Carlos Heinen, 0 pontos
2- Tiago Palazzo, 5
3- Victor Fazekas, 5
4- Francisco Bacon, 10
5- Leandro Law, 11
6- Vinícius Tonidandel, 13
7- Roberto Lorena, 13
8- Wilson Tacchi, 14
9- Lucas Biagioni, 19
10- Willian Coneglian, 20
11- João Vítor Ferreira, 20

Categoria Júnior Menor
A categoria foi a única a registrar uma interrupção por acidente, que eliminou o carioca Gabriel Davi após capotar na largada da segunda bateria. Companheiros de equipe, Vitor Baptista e Artur Fortunato venceram, respectivamente, a primeira e segunda série de 19 voltas. Vitor foi o vencedor da única largada disputada em pista úmida. O desempate na classificação por pontos perdidos foi decidido em função do melhor resultado na bateria final.

1- Vítor Baptista, 2 pontos
2- Artur Fortunato, 2
3- Victor Matzembacker, 8
4- Victor Miranda, 8
5- Renato Jr., 8
6- Matheus Leist, 13
7- João Vieira, 16
8- Rafael Martins, 20
9- Marcos Vieira, 24
10- Matheus Jacques, 25
11- Vinícius Balbuena, 28
12- Pietro Rimbano, 31
13- Yurik Carvalho, 31
14- Ariel Varella, 32
15- Leo Gimenes, 34
16- Gustavo Lima, 35
17- Felipe Gildin, 35
18- Vinícius Paparelli, 36
19- Mitusi Duzanowski, 37
20- José Soares, Filho, 38
21- Giuliano Raucci, 39
22- Augusto Pereira, 41
23- Anderson Lima, 42
24- Caique Vali, 43
25- Letícia Corbacho, 45
26- Bruna Tomaselli, 47
27- ivan Gounin, 47
28- Enzo Maiolino, 51
29- Alexandre Azevedo, 53
30- Gabriel David, 57

Categoria Júnior
Tal qual o gaúcho Carlos Heinen, o gaúcho Olin Vieira Galli também garantiu a pole position de sua especialidade com zero ponto perdidos. A segunda bateria foi marcada por intensa disputa com Thiago Vivacqua, também do Rio de Janeiro, que só foi superado na segunda metade dessa prova.
1- Olin Galli, 0 pontos
2- Flávio Matheus, 5
3- Fábio Raupp, 9
4- Thiago Vivacqua, 9
5- Gabriel Casagrande, 13
6- Gustavo Myasava, 17
7- Yago Cesário, 18
8- João Archer, 20
9- Lucas Nogueira, 22
10- Joaquim Junqueira, 22
11- Ernani Kuhn, 23
12- Henrique Zandavalli, 24
13- Yuri Cesário, 25
14- Emílio Gotze, 26
15- Caio Becker, 29
16- Flávio Bruno, 29
17- Matheus Coletta, 30
18- Gabriel Robe, 30
19- Gabriel Fernandes, 32
20- Eurico Tavares, 35

Categoria F4
O capixaba Eder Melhorim Costa também se impôs de maneira indiscutível em sua classe e, após as duas bandeiradas de vitória, demonstrou espírito de um verdadeiro desportista ao comentar que “estou confiante para amanhã, mas este resultado não é sinal de favoritismo pois o nível da concorrência é dos mais altos.”
1- Eder Melhorim Costa, 0 pontos
2- Carlo Collet Jr., 5
3- Valdemiro Oliveira, 7
4- Luiz Gonzaga, 8
5- Diego Felício, 10
6- Keka Teixeira, 13
7- Thiago Branco, 17
8- Conrado Pontes, 18
9- Franklin Maiolino, 18
10- Luir Miranda, 18
11- Elon Cesário, 18
12- Beto Nini, 22

Categoria Cadete
Categoria mais concorrida do fim de semana, a Cadete reuniu 52 concorrentes, divididos em três grupos que disputaram duas baterias entre si, num total de três largadas. Além disso, os pilotos que não se classificaram para as 28 primeiras vagas foram reunidos em uma repescagem para preencher as seis vagas restantes. Nem por isso o pole position Zaiya Fontana (RJ) alterou seu introvertido comportamento: “as duas baterias que disputei foram difíceis e estou confiante para a final de amanhã.”
1- Zaiya Fontana, 0 pontos
2- Lucas Annuza, 5
3- Matheus Olivério, 5
4- Sérgio Sette, 6
5- José Pereira, 8
6- Igor Melo, 9
7- Gustavo Lopes, 12
8- Vítor Olivério, 13
9- Artur Prata, 14
10- Bruno Bertoncello, 15
11- João Rosate, 19
12- Yanni Fontana, 20
13- Luiz Branquinho, 20
14- Gregory Diegues, 22
15- Renato Campello, 25
16- Rian Pereira, 25
17- João Sá, 26
18- Gustavo Oliveira, 27
19- João Pedro Melo, 28
20- Pedro Cardoso, 29
21- João Pedro Gui, 30
22- Sinder Bitton Neto, 31
23- Pedro Fonseca, 32
24- Luca Castiglia, 33
25- João Pedro Cabbao, 33
26- Paulo Coelho Jr, 35
27- Erick Dohmann, 36
28- João Vítor Doni, 36
29- Felipe Drugovich – Classificado na repescagem
30- João Victor Della Penna – Classificado na repescagem
31- Eugem Gotze – Classificado na repescagem
32- Ariel Zimmermann – Classificado na repescagem
33- Maurício Antunes – Classificado na repescagem
34- Rafael Barranco – Classificado na repescagem

Categoria Super Cadete
Um dos estados mais novos da federação, Tocantins, confirmou que tem material para se destacar no automobilismo após João Vieira dominar a categoria Super Cadete, onde o carioca Zaiya Fontana e o brasiliense Pedro Cardoso classificaram-se a seguir.

1- João Vieira, 0 pontos
2- Zaiya Fontana, 4
3- Pedro Cardoso, 6
4- Gabriel Leão, 9
5- Igor Melo, 10
6- Fernando Bueno, 14
7- Felipe Drugovich, 14
8- Pedro Fonseca, 15
9- Leonardo Raucci, 18
10- Bruno Carneiro, 18
11- Leonardo Baran, 22
12- João Pedro Custódio, 25
13- Bruno Bertoncello, 25
Categoria Mirim
Os paulistas Gabriel Lopes e Raikkonen Sakzenian dividiram as vitórias nas duas baterias para os pilotos mais jovens desta primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Kart de 2010 e ocuparão a primeira fila da pré-final da especialidade.

1- Gabriel Lopes, 3 pontos
2- Raikkonen Sakzenian, 3
3- Gustavo Siqueira, 6
4- Juan Crespi, 9
5- Samuel Gontijo, 9
6- Zina Júnior, 13
7- Arthur Leist, 14
8- Edgar Bueno, 20
9- Caio Collet, 20
10- Victor Uchoa, 20
11- Marcel Coletta, 22
12- Thiago Lopez, 24
13- Gustavo Jorge, 27
14- João Correa, 30
15- Cameron Boedler, 32
16- Vitinho Belém, 33
17- Guilherme Belfort, 34
18- Dante Fibra, 35
19- Gianluca Petecof, 37
20- Luis Rosate, 37
21- Gabriel Aguiar, 38
22- Enzo Gianfratti, 39
23- Andrei Bringel, 44
24- João Pedro Rappa, 47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *