Kart: Em domingo chuvoso Paulista de Kart definiu seus campeões

O mais tradicional certame regional do kartismo brasileiro, o Campeonato Paulista de Kart, encerrou a temporada no último domingo (15), com uma rodada dupla no Kartódromo Internacional Aldeia da Serra, em Barueri (SP).

Com muitos pontos em jogo em função da rodada dupla, em todas as categorias a disputa pelos títulos estava aberta, o que gerou um clima de grande expectativa no ar.

Em se tratando de condição climática uma forte chuva na manhã de domingo aumentou a tensão entre os participantes, visto que todos os treinos livres foram realizados com tempo bom, e o setup dos karts estava direcionado para condições normais de pista. Entretanto, a chuva parou, e as corridas foram realizadas normalmente, embora a pista ainda estivesse um pouco molhada.

Mirim,  disputada ponto a ponto

Na categoria Mirim os seis primeiros colocados tinham chances matemáticas de se tornarem campeões, mas a disputa era mais evidente entre dois pilotos de Brasília, João Pedro Guim e Nathan William.

William treinou em Aldeia da Serra durante a semana e partiu para Goiânia, para disputar duas provas da Copa Centro-Oeste no sábado. Os planos de voltar no domingo e disputar o Paulista foram alterados, e o piloto não veio. Com isso, Guim, que teve problemas no motor durante a classificação e primeira corrida, fez duas provas conscientes, pensando no campeonato.

Ao final da primeira prova, Guim já era o campeão, com Igor Melo terminando o campeonato como vice. Raikkonen Sakzenian fez duas grandes corridas e venceu sem dar chances aos adversários, conquistando o terceiro lugar no certame. William, mesmo sem correr as provas finais, terminou em quarto, com Gregory Diegues em quinto e Yanni Fontana em sexto.

Cadete teve muitos líderes nas provas, mas só um piloto poderia levar o título

As provas da categoria Cadete, como de costume, foram de arrepiar. Na primeira delas os pilotos Vitor Baptista, Matheus Olivério, Zaiya Fontana e João Pessoa distanciaram-se do segundo pelotão e trocaram posições diversas vezes. Com a briga dos líderes, Giuliano Raucci e Vinícius Papareli se aproximaram, e ganharam posições nas voltas finais, terminando em terceiro e quarto, respectivamente. Vitor Baptista venceu, com Matheus Olivério em segundo.

Na bateria final os personagens principais foram quase os mesmos. Após um acidente que paralisou a prova logo na primeira volta, Vitor Baptista, João Pessoa e Zaiya Fontana dispararam na frente, desta vez com Giuliano Raucci no meio deles. Após intensas trcas de posições, Baptista venceu novamente, com Raucci em segundo e João Pessoa em terceiro.

Com esses resultados, João Pessoa sagrou-se campeão, com Gabriel Sereia como vice. Vitor Baptista, Vinícius Papareli, Giuliano Raucci e Zaiya Fontana completaram os seis primeiros colocados no campeonato.

Paulista de Biland terminou com domínio carioca

Em função de mudanças no calendário, a categoria Biland teve quatro provas nesse final de semana. Na divisão Sênior, o carioca Christiano Matteis venceu as quatro baterias e faturou o título, com Thomaz Fae como vice e Carlos Fernandes,  em terceiro.

Pela divisão Super Sênior, o também carioca Marcelo Cascão venceu duas baterias e comemorou o título de campeão de 2009, com Carlos Marcelino como vice e José Luis Santos em terceiro, ambos também com vitórias no domingo.

Júnior Menor, Júnior e Graduados não tiveram provas

A falta de pilotos para compor o grid de largada fez com que as categorias Júnior Menor, Júnior e Graduados tivessem seus campeões definidos pelos resultados obtidos até então.

Na Júnior Menor, Olin Galli ficou com o título, seguido de Gustavo Myasava e Thiago Vivacqua. Pela Júnior, o campeão foi Johilton Pavlak, com Jean Aguiar como vice e Gabriel Bizzaria em terceiro. Já pela Graduados, Tiago de Ávila foi quem ergueu o caneco, tendo Jean Paturle como vice e Fernando Rezende Filho em terceiro.

Novo modelo pretende reduzir custos e atrair competidores em 2010

O Campeonato Paulista de 2010 vem com novidades no que se refere ao calendário. Visando otimizar a logística das equipes e com isso reduzir os custos da competição, as 12 provas da temporada foram organizadas em seis rodadas duplas.

O novo calendário já foi publicado e prevê corridas em 24 de abril, 22 de maio, 26 de junho, 21 de agosto, 18 de setembro e 18 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *