Kart: Estréia das categorias Pré-Júnior e Cadete são as novidades no Pan-Americano de 2006

Pilotos de 07 a 12 anos de idade poderão disputar o torneio mais importante do continente neste fim de semana, em Florianópolis.


Nas últimas edições do Campeonato Panamericano de Kart, disputar o título mais importante do continente era uma exclusividade de pilotos com mais de 13 anos de idade, limite mínimo para a inscrição na categoria Sudam Jr. Nesta temporada, no entanto, esse privilégio se estendeu a praticantes bem mais jovens, e nesta semana será possível acompanhar pilotos de sete a 12 anos na pista do Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis, palco da edição de 2006 da competição.

A novidade trouxe surpreendentes 44 novos nomes ao campeonato – 34 na categoria Cadete e 10 na Pré-Júnior –, e atraiu para o evento o maior número de participantes dos últimos anos. “Para nós é muito importante disputar um campeonato internacional, ainda mais correndo em nosso próprio país”, disse o jovem campeão brasileiro Eduardo Banzoli Filho, um dos destaques da categoria Júnior Menor (a equivalente nacional à Pré-Júnior) nos campeonatos estaduais de São Paulo. “Além do intercâmbio com outros pilotos, temos a oportunidade de, desde já, disputar um título internacional e isso é muito importante para a carreira de qualquer kartista”, completou.

As duas novas categorias atraíram a participação de pilotos de outros países, o que comprova o caráter internacional do Panamericano. Na Cadete serão onze pequenos estrangeiros, contra quatro nomes vindos de fora na Pré-Júnior. “O equipamento que usaremos neste Panamericano não é diferente do adotado nas competições realizadas no Brasil, e por isso creio que os pilotos da casa não terão dificuldades de adaptação. Para os estrangeiros, acho que a maior novidade será o uso de álcool como combustível, já que nos outros países costuma-se usar gasolina”, analisou Banzoli, lembrando que o álcool hidratado será usado como combustível somente na categoria Pré-Júnior.

O Panamericano de 2006 marca a estréia internacional de Eduardo Banzoli, que no Brasil já conquistou os títulos de Campeão Paulista e Campeão Brasileio, além de ter vencido o prêmio Capacete de Ouro da Revista Racing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *