Kart: Henrique Martins terá um “ano cheio” em 2006

Atual Campeão Paulista Light na categoria Júnior, piloto fará todos os principais campeonatos nacionais e já programa para essa temporada sua estréia internacional.

A temporada de 2006 será intensa para o atual Campeão Paulista Light de Kart na categoria Júnior, Henrique Martins (Grupo Agrenco/Terlogs). O piloto anunciou nesta quarta-feira (25) que disputará todos os principais campeonatos do país e também fará sua estréia internacional, participando dos Campeonatos Panamericano e Andrea Margutti. O Troféu Margutti, que chega a sua 17ª edição e tem em seu hall de vencedores o piloto de Fórmula 1 Giancarlo Fisichella, é tradicionalmente disputado no Kartódromo de Parma, na Itália. O Campeonato Panamericano, que no ano passado ocorreu em Zárate, na Argentina, desta vez será em Florianópolis.

No Brasil, Henrique disputará ainda os Campeonatos Paulista, Paulista Light e Brasileiro, além da Copa Sorriso Campeão, que em sua terceira edição está se tornando tradicional por abrir a temporada dos principais torneios de expressão nacional. “Vai ser um ano muito intenso e o meu objetivo maior, principalmente nas competições internacionais, é aprender. Farei mais de 30 corridas só este ano e, certamente, vou terminar a temporada com uma boa bagagem para dar continuidade a minha carreira”, declarou o piloto.

Em 2006, Henrique Martins anunciou uma estratégia bastante diferente da adotada no ano passado, quando concentrou seus esforços no Campeonato Paulista Light – e sagrou-se campeão. “No ano passado tive muitos compromissos escolares que coincidiram com corridas importantes, principalmente do Campeonato Paulista. Por isso tive que focar em apenas uma competição e a estratégia deu certo. Neste ano pretendo fazer mais corridas e, quem sabe, terminar o ano com mais alguns títulos”, completou.

O primeiro desafio de Henrique Martins na temporada será a disputa da Copa Sorriso Campeão, que acontece no próximo dia 5 de fevereiro, em Interlagos, em São Paulo. O piloto já iniciou os treinos para o campeonato, que tem como grande diferencial o uso do traçado invertido do Kartódromo Ayrton Senna. “Mesmo que o circuito seja alterado na semana da corrida, treinar com antecedência é fundamental para que a gente possa desenvolver o equipamento e também ‘desenferrujar’, já que tivemos um longo período de férias”, finalizou Henrique.

Foto: Luca Bassani / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *