Kart: João Manuel comemora 3º lugar em uma categoria com 46 concorrentes

Com uma atuação de luxo e “cabeça no lugar”, o pernambucano João Manuel (Copergás/ Baterias Moura/ JM Automobilismo) consagrou-se no último sábado (12) como um dos melhores pilotos de kart do Brasil na Cadete. João Manuel finalizou a 43ª edição do Campeonato Brasileiro em 3º lugar na categoria, que reuniu 46 pilotos de várias partes do Brasil.

Desde os primeiros treinos no Kartódromo Julio Ventura, em Eusébio (CE), João Manuel se destacou e ao final de cada atividade se posicionava entre os primeiros colocados. Os bons resultados nos treinos o colocavam entre os pilotos que poderiam brigar pelo título, como bem previra Manuel Otaviano, pai do piloto. “Ao fim do primeiro dia de treinos eu já apostava em título ou pelo menos ficar entre os cinco primeiros, pois recebemos um bom motor no sorteio e ele se comportou muito bem até o final do evento”, contou o pai de João Manuel.


 


A nova formatação da disputa, adotada em razão do alto número de inscritos, fez com que João Manuel garantisse a 10ª colocação no grid de largada da Pré Final após a disputa das provas classificatórias. Na Pré Final, que determinaria a ordem de largada para a Final – que por sua vez definiria o campeão – João Manuel terminou em 7º, o que aumentava ainda mais a expectativa e o otimismo do piloto, de seu pai e de sua equipe, a competente WR Motores. “Ele fez uma ótima prova e se habilitou a brigar pelo título”, disse Manuel.


 


Na Final, cujo vencedor seria declarado o novo Campeão Brasileiro da Cadete, uma nova apresentação de gala de João Manuel, que, após largar em sétimo, foi galgando posições até chegar ao terceiro lugar. Neste momento a “cabeça no lugar” preponderou sobre a vontade de brigar com os dois ponteiros. “O João Manuel sabia que não teria condições de passar os dois primeiros e que, se ele tentasse, os três poderiam rodar”, explicou Manuel Otaviano. “Preferiu ficar com o que ele tinha na mão, uma ótima posição, do que arriscar e não ganhar nada. Pensou bem, mostrando maturidade”, elogiou.


 


O balanço final, logicamente, é extremamente positivo. “É o primeiro ano dele de forma efetiva no circuito nacional. Ter terminado em terceiro significa estar entre os melhores do Brasil e isso é ótimo, não?”, finalizou o pai de João Manuel (Copergás/ Baterias Moura/ JM Automobilismo), que por sua vez também demonstrou extrema felicidade. “Estou muito, mas muito contente mesmo. Foram 46 pilotos na categoria e terminar em 3º me deixa muito satisfeito”, diz o piloto, que aproveita para agradecer à sua equipe e a seus patrocinadores. “Todos me proporcionaram as condições ideais para que eu pudesse brigar pelo título. Agradeço à Copergás e a Baterias Moura e também à minha equipe, a WR Motores”, encerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *