Kart: Má tomada de tempos tira chances de Marcelo Anselmi conquistar vaga na Seletiva Petrobras

No último sábado (22) o Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), foi palco de mais uma etapa da Copa São Paulo Light, a sexta da atual temporada. Para uma das categorias participantes, a Sprinter A, um atrativo a mais fez com que 25 pilotos de todo o Brasil disputassem a etapa: estavam em jogo duas vagas para a final da Seletiva Petrobras.

Em busca de uma das vagas estava o paranaense Marcelo Anselmi (Blue Sky Tecnologia), que tentava garantir sua participação em sua segunda final consecutiva. “Eu já havia me classificado para a final do ano passado e fui para São Paulo para tentar garantir a participação em mais uma”, conta o piloto de Maringá.

Com pequenos problemas no desempenho do motor, nesta competição fornecido pelos organizadores em regime de sorteio, Anselmi não conseguiu repetir os bons treinos – feitos com motor próprio – e não fez boa tomada de tempos, largando apenas da 17ª posição. “Fizemos algumas modificações no acerto do chassi para a corrida e o kart melhorou bastante. Conseguimos compensar um pouco o problema causado pelo rendimento do motor”, explicou Anselmi, que compete pela Neri Motorsport, chefiada pelo preparador Neri Cenci.

Marcelo Anselmi conseguiu fazer uma boa corrida de recuperação e já estava em sexto lugar, quando acabou abalroado por um concorrente. Ao final da prova ele recebeu a bandeirada em 9º lugar. “O problema maior foi a tomada de tempos. Se eu tivesse largado mais à frente, certamente poderia ter brigado por uma vaga”, avalia o piloto Blue Sky Tecnologia.

De qualquer forma, na avaliação final de Marcelo Anselmi, a prova pôde ser considerada boa, apesar de não ter sido alcançado o resultado esperado. “Fiz várias ultrapassagens e me recuperava bem. Isto significa bastante em um grid seleto como este, que reunia praticamente o que temos de melhor em termos de piloto nesta categoria no kartismo brasileiro”, finaliza Marcelo Anselmi.

As vagas na final da Seletiva Petrobras 2009, que dará a seu vencedor o prêmio de R$ 100 mil, ficaram com Bruno Bonifácio e Jonathan Louis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *