Kart Paulista: Muito frio e disputas quentes na 5ª etapa do Light

O Kartódromo Aldeia da Serra, na cidade de Barueri, região metropolitana paulista, recebeu neste sábado, dia 11, a quinta rodada da Copa São Paulo Light de Kart no último evento do Certame antes do Campeonato Brasileiro.

Competidores de várias partes do país estiveram na pista que, por mais uma vez, sediou uma etapa da competição. O evento, assim como previsto, foi realizado em sistema de rodada dupla e valeu pontos para a planilha de classificação final da competição.

O sábado amanheceu bastante frio em Barueri e, em meio a uma forte neblina o sol passou a aparecer discretamente a partir do meio da manhã. Ao todo estiveram participando da etapa quase 100 pilotos que tiveram suas atividades divididas entre os turnos da manhã (Mirim, Cadete, Júnior Menor e Júnior) e tarde (Super Cadete, Sprinter, Master “A”, Master “B” e Super Sênior).

As provas mostraram grande competitividade entre os concorrentes e, assim como tem acontecido nos últimas corridas, o desempenho entre os líderes esteve cada vez mais próximo tornando as brigas na pista ainda mais acirradas.

“Estamos trabalhando muito na nossa sede em procedimentos, peças e dinamômetro para que tenhamos, cada vez mais, equipamentos similares e confiáveis. Nosso índice de quebras está próximo de zero e os tempos de voltas, em praticamente todas as categorias, estão sendo disputados em diferenças milésimas”, comentou Rafael Cançado, diretor da RBC Preparações, responsável por todos os motores da competição.

A classe Mirim teve em suas duas corridas a briga pela liderança polarizada entre os pilotos Paulo Coelho e Arthur Andrade.  Revezando-se na primeira posição durante as duas corridas os meninos mostraram que a pouca idade não foi impedimento para um grande duelo. Na primeira prova a vitória ficou com Andrade seguido por Coelho e Pedro Pinheiro. Na segunda prova o vencedor foi Coelho com Vinícius Grigoletto em segundo e Pinheiro novamente em terceiro. Arthur chegou na segunda posição, mas, foi desclassificado por falta de peso.

Na categoria Cadete as corridas também foram muito acirradas. O primeiro pelotão foi formado por sete competidores que, em duas baterias, se revezaram durante todo o tempo nas posições de destaque. A primeira prova foi vencida por Gianluca Petecof seguido por Yanni Fontana e Raikkonen Sakzenian. A prova dois teve Fontana como vencedor seguido por Fernando Barros e Gabriel Lopes.

Seguindo a manhã de provas a Júnior Menor realizou as suas duas corridas. Na primeira bateria a vitória ficou com o gaúcho Matheus Leist seguido por Gabriel Sereia que fez grande corrida de recuperação. Zaiya Fontana chegou em terceiro. Na prova dois a vitória ficou com Sereia que, após assumir a ponta, conseguiu abrir confortável vantagem para seus concorrentes e seguiu sem ser ameaçado até a bandeirada da vitória. André Castro ficou com a segunda colocação e Luca Castiglia foi o terceiro.

Encerrando as atividades do primeiro grupo de competições a categoria Júnior foi à pista com os karts mais rápidos do período. A briga pela ponta reuniu os pilotos Vitor Baptista, Victor Miranda , Arthur Fortunato, mas, o grande nome do dia foi o de Gabriel Fernandes. Em atuação brilhante o piloto conseguiu esperar o momento certo para definir sua posição e venceu as duas baterias. Na corrida um a segunda posição ficou com Baptista e, o terceiro lugar, com Miranda. A segunda bateria teve Fortunato na segunda posição e Baptista, em terceiro.

Dando prosseguimento a primeira rodada dupla do ano na Copa São Paulo Light os pilotos das categorias Super Cadete, Super Sênior, Master “A” e “B” e Sprinter tomaram a pista do Kartódromo Aldeia da Serra.

As primeiras disputas do segundo período do dia ficaram por conta dos garotos da Super Cadete que, em sua maioria, também disputaram as provas da Cadete, na parte da manhã. A primeira corrida foi vencida por Juan Crespi seguido de perto por Yanni Fontana. A terceira posição ficou com Erick Domann. Já a segunda bateria teve Yanni Fontana como o grande vencedor. Ele foi seguido por Crespi e, novamente, Domann.

As corridas que vieram logo após os pequenos foram, exatamente, a dos pilotos mais experientes do dia. Com 15 concorrentes na pista a categoria Super Sênior teve duas provas bastante movimentadas com muitas ultrapassagens e competitividade em alta. Na corrida 1 a vitória ficou com Marcos Pelli que foi seguido de perto por Fernando Amorim e Antônio Ramos. A prova dois teve vitória de Massayuki Katsui após brilhante recuperação. Peli cruzou a linha de chegada em segundo e André Matinha foi o terceiro.

As provas das classes Master “A” e “B” foram marcadas por começos de corrida muito acirrados, mas, estabilidade na segunda metade das provas. Pela categoria “A”  Ricardo Thomazi venceu a primeira prova. Thomas Fae chegou em segundo e Diogo Zucarelli, em terceiro. A segunda bateria do dia teve vitória de Marcelo Meneghel seguido por Thomazi e Zucarelli. Pela classe “B” os pilotos mostraram que estão em um rápido período de aprendizagem e se “infiltraram” até mesmo nas disputas entre os pilotos da classe principal. Na primeira corrida a vitória ficou com Adriano Filadoro, seguido por André Rocha e Vinícius Corbo. Na prova 2 a vitória ficou com Marcos Serafim Jr. que foi seguido por Filadoro e Rocha.

Encerrando a rodada dupla de competições a categoria Sprinter tomou a pista. Única mulher inscrita para o evento a paulista Natália Paiotti mostrou a força do sexo frágil e registrou a pole-position de sua categoria. Nas corridas, porém, ela foi muito pressionada por seus adversários, mas, nem por isso deixou de figurar entre os líderes. A primeira corrida teve vitória de Arthur Ortolani seguido por Gustavo Dal Pizzol e Natália chegou na terceira posição. Na corrida final o vencedor foi Lucas Biagione com Ortolani em segundo e Lucas Balbuena no terceiro lugar.

Campeonato de equipes sorteou R$ 15 mil

Junto ao encerramento desta quinta rodada da Copa São Paulo Light foi finalizado também o Campeonato de Equipes que contou pontos na terceira, quarta e quinta etapas do ano.

Com 76 pontos as equipes ONS e a Binho Racing foram as vencedoras. A By Chico, ficou com a segunda posição ao somar 72 pontos. Conforme divulgado anteriormente todos os times participaram do sorteio de um prêmio de R$ 15 mil oferecido pelo Federação de Automobilismo de São Paulo e pela RBC Preparações.

ONS e Binho Racing concorreram com um total de 10 números no globo de sorteio, By Chico com três números e os 71 times restantes com um número cada. Na presença de vários pilotos e representantes de equipes de todas as categorias o número seis foi sorteado e, com isso, o prêmio ficou com a equipe ONS, que estava concorrendo com os números de 1 à 10.

“Nosso objetivo com a distribuição de prêmios e incentivos para os pilotos e equipes é tornar o Light um Campeonato cada vez mais atrativo para todos. Temos o diferencial dos motores sorteados, grande competitividade e, buscamos sempre, inovações que atraiam mais competidores para nossas disputas. Estamos estudando um novo formato para o segundo semestre e, certamente, teremos surpresas bem agradáveis para todos”, explicou Rafael Cançado.

Em virtude da realização do Campeonato Brasileiro a Copa São Paulo Light não terá corridas no mês de julho. A sexta etapa, primeira corrida do segundo turno, será realizada também no Kartódromo Aldeia da Serra, no dia 20 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *