Kart Paulista: Por determinação da FASP, “Desafio 6 Horas de Kart” foi adiado

Corrida seria realizada no dia 20 de agosto

Na manhã desta terça-feira, dia nove de agosto, uma notícia adiou o que poderia ser uma das maiores competições nacionais do kartismo. Após uma determinação da FASP – Federação de Automobilismo de São Paulo, baseada em coincidência de calendários com outras competições no estado, a entidade achou por bem não autorizar a realização da primeira edição do “Desafio 6 Horas de Kart”.

A prova, que seria disputada no Kartódromo Arena Schincariol, em Itu, interior do estado, com o apoio do piloto de F-1 Lucas DiGrassi e a participação confirmada de outras grandes feras do automobilismo nacional e internacional, já era comentada nas rodas do esporte nacional como um dos grandes eventos do ano.

Seguindo a determinação da FASP para a realização de um evento oficial, o Ituano Motor Sport Club encaminhou ofício no dia 14 de julho solicitando a data para a realização da prova. O prazo mínimo para este pedido seria no dia 20 de julho, 30 dias antes do evento. Sem que houvesse nenhuma posição em contrário da entidade maior, o Ituano Motor Sport deu então encaminhamento à todas as demandas do evento.

Porém, no dia 27 de julho, 13 dias após a solicitação, a FASP encaminhou um ofício para o clube de Itu negando a realização da prova, em virtude de coincidência de datas. Eduardo Gozzano, presidente do clube Ituano, passou então a tentar solucionar o problema junto a entidade. Várias foram as tentativas por telefone e reuniões em São Paulo, porém, sem sucesso. Assim, sem solução, Gozzano procurou auxílio na Secretaria de Estado de Esportes.

Devido ao grande interesse que esta Secretaria de Esportes apresentou na realização do evento eles entraram diretamente em contato com a Federação que, mediante ao pedido do secretário de esportes, decidiu por aprovar a realização do evento com atividades apenas para o domingo, dia 21 de agosto. Porém, como em apenas um dia uma competição de tamanha representatividade não tem como desenvolver todas as suas atividades, restou ao Ituano Motor Sport Clube adiar a prova para uma nova data.

“Não temos palavras para expressar a nossa perplexidade e indignação com o que está acontecendo. Não apenas nosso clube, mas, o esporte em si perde muito em credibilidade. Já havíamos contratado vários serviços, artistas que fariam shows, comerciais na TV Globo e encomendado todo o material promocional. Fora o prejuízo material, teremos que assumir, também, o prejuízo moral diante de toda a comunidade do automobilismo brasileiro. Nossa prova já tinha a inscrição confirmada de 22 equipes, pilotos de F-1, Stock-Car, GT3, etc. Estávamos trabalhando com a possibilidade máxima do evento, ou seja, 40 karts e cerca de 150 pilotos. Infelizmente a visão deturpada de alguns dirigentes nos levou a esta decisão. Vamos estudar uma nova data e, posteriormente, informaremos quando será o Desafio 6 Horas de Kart. Realmente uma lástima o que estão fazendo com o nosso clube”, explicou Eduardo Gozzano, presidente do Ituano Motor Sport Clube, entidade filiada à FASP e responsável pelo Kartódromo Arena Schincariol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *