Kart: Pilotos da Sabiá Racing vencem na penúltima prova do Paulista Granja Viana

Duas ótimas vitórias garantiram a felicidade da Sabiá Racing no último sábado (3) em Cotia (SP), quando foi disputada a segunda prova dos playoffs decisivos do Campeonato Paulista Granja Viana. E de quebra, em um sábado praticamente perfeito, os pilotos da equipe garantiram condições de, por seus próprios meios, brigar pelo título na última e decisiva prova da competição.

Rafael Suzuki, que competia na categoria Shifter Kart, foi o autor da pole, mas acabou largando mal e caiu para a 8ª posição. Na busca pela recuperação, ele acabou tocando em uma zebra e rodou, perdendo novamente algumas posições e passando, então, na última colocação na metade da prova. Com um ritmo alucinante, Rafael Suzuki recuperou todas as posições perdidas e recebeu a bandeirada final na liderança. “Foi uma prova fantástica do Suzuki. Ele recuperou-se muito bem e se aproveitou da boa escolha de pneus que foi feita”, elogiou o chefe da equipe, o renomado preparador Sabiá.

A prova foi disputada sob pista molhada, mas os pilotos puderam escolher o pneu que usariam. Suzuki apostou que a chuva não pararia e optou pelo pneu para pista molhada. “Foi uma ótima escolha, pois quando já estava se formando um trilho seco, a chuva caiu outra vez”, explicou Sabiá, que aproveitou para agradecer ao preparador Alexandre Pujol, responsável pelo motor de Suzuki. “Além de nos entregar um ótimo motor, o Ale ainda ajudou muito rapidamente na pista, quando o Suzuki rodou. Ele foi rápido ao empurrá-lo e muito importante na volta de nosso piloto à pista”, agradeceu.

Na Executive José França também venceu pela Sabiá Racing, depois de igualmente ter obtido a pole e perder posições na largada. “O França perdeu apenas duas posições e logo na terceira volta já conseguiu recuperar a ponta”, contou Sabiá, também muito contente com a atuação de seu piloto. “Foi uma recuperação importante do França no campeonato, pois ele chegou aqui em 8º e agora é 3º”, vibrou o preparador.

O mais importante de tudo, ao final do evento, é o fato de que os dois pilotos da equipe paulista dependem apenas de si próprios para serem campeões, na última prova do campeonato, a ser disputada no dia 16 de dezembro. “O Suzuki agora é líder isolado na Shifter e o França é o terceiro, mas está a apenas quatro pontos do líder. Fica tudo para a última prova, mas estamos bem posicionados na tabela”, encerra o chefe da equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *