Kart: Pipo Derani já pensa no seu próximo compromisso na Europa

O kartista Luis Felipe “Pipo” Derani (CRT Brasil) disputou no último final de semana a 19ª edição do importantíssimo Trofeo Andrea Margutti, em Parma.

A tradicional competição do kartismo internacional marcou o retorno do piloto as pistas européias, que apesar de ter enfrentado problemas no classificatório segue confiante em seu desempenho no Europeu, que inicia no próximo dia 16 de março – 1ª etapa WSK – Muro Leccese, também na Itália. “Essa foi minha primeira prova na equipe Maranello Kart de Fábrica e sabemos que o início seria de adaptação, mas para a abertura do Europeu esperamos conquistar uma boa posição”, explicou Derani.

Pipo enfrentou no Trofeo Andrea Margutti, que é considerado um termômetro para o Campeonato Mundial da modalidade, situações complicadas na categoria KF3, pois na tomada de tempo teve problemas com seu motor, consequentemente largando no pelotão de traz na eliminatória. “É complicado porque você larga onde tem mais risco e acontecem os acidentes”, salientou.

Na primeira bateria da geral, ocupando a 34ª posição do grid, enfrentou novos problemas e na segunda em função de uma ultrapassagem foi desclassificado injustamente, pois o diretor de prova considerou que havia atravessado uma chinquene para encurtar caminho. “Na verdade, foi o outro piloto que fez isso, mas na confusão eu fui punido. Quando a Maranello tomou ciência da situação o tempo de recorrer havia estourado”.

O resultado o fez ir para a repescagem, onde largou em 17°, precisando chegar entre os 17 primeiros para se classificar, mas na volta de apresentação um dos kartistas rodou na sua frente, sendo impossível de desviar e acabou batendo no adversário, seguindo na prova com o kart desregulado, chegando na 15ª colocação.

A alta competitividade da categoria, com mais de 84 pilotos, ficou ainda mais acentuada na pré-final, onde Derani largou em 32°. Na quarta volta ocupava a 20ª posição e na sexta já tinha ganho mais duas, mas levou um toque e rodou, não conseguindo classificar para a final. “Esse é meu segundo ano no Trofeo e sabia que seria uma prova complicada, mas acredito na sintonia da equipe Maranello Kart e sei que esse ano vamos evoluir muito”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *