Kart: Senna e Piquet fazem reencontro histórico na Granja Viana

Nomes da história da Fórmula 1 voltam a se enfrentar depois de 26 anos.

Previsto apenas para 2009, o reencontro dos nomes Senna e Piquet numa pista acabou antecipado para esta quinta-feira na Granja Viana, em Cotia (São Paulo). Dezesseis anos depois da despedida de Nélson Piquet da Fórmula 1, no GP da Austrália de 1991, seu filho Nelsinho e Bruno Senna, sobrinho de Ayrton, disputaram uma corrida de autorama nos camarotes do kartódromo. A brincadeira foi promovida pelo programa “Fantástico”, da TV Globo.

Bruno não vai participar das 500 Milhas da Granja Viana e foi ao kartódromo apenas para a gravação da matéria. Nos boxes, reviu amigos como Lucas di Grassi, com quem correu na Fórmula GP2 nesta temporada, e assistiu aos treinos. “O Lucas reclamou que já está com as costas doendo por causa das ondulações”, afirmou Bruno, que desistiu do kart desde que fraturou seis costelas no tardio início de carreira há cerca de quatro anos. Di Grassi, atual vice-campeão da Fórmula GP2 e sonhando ocupar a vaga de Nelsinho como test driver da Renault, correrá no time de Rubens Barrichello, Tony Kanaan e Antonio Pizzonia.

Nelsinho deixou os ensaios para jogar contra Bruno no circuito de 25 metros, cuja montagem exigiu três horas de trabalho dos funcionários da loja especializada Autorama Slot Car Brasil. Na verdade, nenhum dos dois demonstrou grande habilidade no manejo dos carrinhos – o de Bruno, decorado com cores que vagamente lembravam o Fórmula GP2 da Arden, equipe pela qual correu em 2007, e o de Nelsinho, com o tradicional amarelo-azul da Renault. “A última vez que brinquei de autorama foi no HP da Hungria deste ano, mas não estou acostumado com o jogo. E não conheço o traçado”, brincou Bruno.

Depois de várias baterias preparatórias, prejudicadas por vezes pelo mau funcionamento do equipamento ou a inabilidade dos pilotos, a corrida foi finalmente realizada no sistema “double-header”. Cada um venceu uma, como convém a um evento de caráter amistoso. No final, depois dos cumprimentos de praxe, Nelsinho retomou os ensaios e Bruno foi embora. Os dois esperam ansiosos pela definição de rumos prevista para os próximos dias. Nelsinho deve ser confirmado como piloto oficial da Renault e estrear na Fórmula 1 em 2008, enquanto Bruno acerta os últimos detalhes do acordo que espera assinar com a iSport, equipe campeã de 2007, para sua segunda temporada na Fórmula GP2.

Se os planos derem certo, Bruno voltará a medir forças – desta vez para valer – contra o amigo Nelsinho em 2009. Os dois nunca haviam se encontrado antes na pista. Bruno estreou na Inglaterra na Fórmula BMW em 2004, ano em que Nelsinho foi campeão da Fórmula 3 inglesa. No ano seguinte, quando subiu para essa categoria, Nelsinho passou para a Fórmula GP2. O jogo de “gato-e-rato” pode finalmente acabar no final de 2008.

Foto: Miguel Costa Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *