LMS: Dupla Christophe Boullion/ Christophe Tinseau vence em Portugal

A dupla francesa Christophe Boullion/ Christophe Tinseau, num Pescarolo Judd da Pescarolo Sport, venceu na noite de sábado (1º/08), os 1000 Km do Algarve, na Cidade de Portimão, em Portugal. Foi a primeira prova noturna da história da categoria. O trio Jan Charouz/Tomas Enge/Stefan Mücke, num Lola Aston Martin da Aston Martin Racing, terminou em segundo. O brasileiro Bruno Senna, em dupla com o português Tiago Monteiro, num Courage-Oreca LC70 do Team Oreca Matmut-AIM, terminou em terceiro.

Saindo da sétima posição do grid, Boullion assumiu a segunda posição com 24 voltas percorridas. Boullion e Mücke passaram a segunda hora de prova duelando pela liderança até o alemão ser fechado por um carro mais lento e rodar, com o francês indo para a primeira posição com seu carro da classe LMP1.
 
Depois de 215 voltas e quase seis horas de prova, Bouillon/ Tinseau cruzaram com 1m25s de vantagem sobre Charouz/ Enge/ Mucke, que ainda tiveram problemas na caixa de marchas nos estágios finais. Com, uma corrida conservadora Senna/ Monteiro terminaram que quarto. O brasileiro pilotou a maior parte da prova.

A dupla Nicolas Lapierre/ Olivier Panis, que largou na pole-position, foi a 4ª colocada. Lapierre liderou as primeiras voltas da corrida, até um pit stop não programado, para consertar um vazamento de combustível, tirar as chances de vitoria da dupla.

Pela classe LMP2 vitória da dupla Olivier Pla/ Miguel Amaral, num Ginetta Zytek da ASM. No geral foram 6º.

Thomas Erdos terminou em 7º na categoria e 13º no geral. O brasileiro dividiu o Lola B08/80 Coupé-Mazda da RML com o inglês Mike Newton.

O trio francês Julien Jousse/ Patrice Goueslard/ Yann Clairay, num Corvette C6.R da Luc Alphand Aventures, venceu na classe LMGT1, sendo 14º no geral.
Pela classe LMGT2 vitória da dupla Robert Bell/Gianmaria Bruni, numa Ferrari F430 GT do JMW Motorsport. No geral foram 15º.

O brasileiro Jaime Melo, em dupla com Antonio Garcia/ Leo Mansell, numa Ferrari F430 GT do Team Modena, chegou em terceiro na classe e 17º no geral.

A próxima etapa, os 1.000 Km de Nurburgring (Alemanha),  será disputada dias 22 e 23 deste mês.

Final:

1 – Bouillon-Tinseau (Pescarolo Judd) – Pescarolo – 215 voltas em 5h49m04s176
2 – Charouz-Enge-Mucke (Lola Aston Martin) – Aston Martin – a 1m25s548
3 – Monteiro-Senna (Oreca AIM) – Oreca – 1 volta
4 – Panis-Lapierre (Oreca AIM) – Oreca – 3 voltas
5 – Primat-Ramos-Turner (Lola Aston Martin) – Aston Martin – 4 voltas
6 – Pla-Amaral (Ginetta Zytek) – ASM – 8 voltas
7 – Ceccato-Francioni-Piccini G. (Lola Judd) – Racing Box – 10 voltas
8 – Ojjeh-Gosselin-Peter (Zytek) – GAC – 10 voltas
9 – Biagi-Bobbi-Piccini A. (Lola Judd) – Racing Box – 12 voltas
10 – Ragues-Mailleux (Oreca Judd) – Signature – 13 voltas
11 – Kane-Leuenberger-Pompidou (Lola Judd) – Speedy – 17 voltas
12 – Lahaye-Ajlani (Pescarolo Mazda) – Oak – 20 voltas
13 – Erdos-Newton (Lola Mazda) – RML – 20 voltas
14 – Clairay-Jousse-Goueslard (Corvette C6.R) – Alphand – 21 voltas
15 – Bell-Bruni (Ferrari F430) – JMW – 25 voltas
16 – Pilet-Narac (Porsche 997 ) – IMSA – 25 voltas
17 – Garcia-Mansell-Melo (Ferrari F430) – Modena – 26 voltas
18 – Ehret-Fanbacher-Beltoise (Ferrari F430) – Farnbacher – 27 voltas
19 – Simonsen-Kaffer (Ferrari F430) – Farnbacher – 28 voltas
20 – Campanico-Hartstorne-V.Thurnd Und Taxis (Ferrari F430) – JMB – 33 voltas
21 – Hein-Nicolet (Pescarolo Mazda) – Oak – 36 voltas
22 – Tenchini-Basso-Plati (Ferrari F430) – EasyRace – 36 voltas
23 – Berville-Dumez-Lemeret (Saleen S7R) – Larbre – 43 voltas
24 – Salini-Salini-Jouanny (WR Zytek) – WR – 44 voltas
25 – Bruneau-Greaves-Sini (Radical AER) – Radical – 50 voltas
26 – Lieb-Lietz (Porsche 997) – Felbermayr – 62 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *