Marcas Carioca: De Paoli e Scalabrin dividem vitórias no Estadual de Marcas do Rio

Boas disputas e diversas alternâncias de posições estiveram entre as atrações da segunda rodada dupla do Estadual de Marcas do Rio de Janeiro, neste domingo, no autódromo de Jacarepaguá. João Scalabrin e Rodrigo de Paoli levaram a melhor, ao vencerem, respectivamente, as provas válidas pelas terceira e quarta etapas do campeonato. A programação também contou com disputas do Regional de Arrancada (veja resultados abaixo).

Na primeira corrida do dia, o pole Celso Viana manteve a ponta na largada e foi seguido de perto por Jorge Cláudio Schuback, que pulou da terceira para a segunda posição. Ainda na primeira volta, a direção de prova anunciou que o perseguidor do líder fora punido com acréscimo de 20 segundos, por queima de largada. Mas, curiosamente, as equipes não repassaram a informação aos pilotos envolvidos na intensa briga pelas primeiras colocações.

A disputa pela ponta se tornou ainda mais acirrada depois que Viana abandonou na quarta volta, com a correia do alternador quebrada. Schuback, apesar dos 20 segundos a mais, comandava o grid, seguido de muito perto por Scalabrin, o então líder de fato, De Paoli e Marcelo Costa. Na segunda parte da prova, após a saída do safety car, Marcelo Costa pulou da quarta para a segunda posição e logo passou a pressionar Schuback. Quando tentou a desnecessária ultrapassagem, a sete voltas da bandeirada, Costa levou a pior em uma dividida de curva e caiu para a décima posição. Scalabrin reaassumiu então o segundo lugar do pelotão que, com a punição de Schuback, valeu a vitória. “Ela foi fruto da regularidade, porque não tinha o carro mais rápido. Mas foi uma prova muito divertida”, definiu o piloto que também foi o campeão da temporada passada.

Com o acréscimo dos 20 segundos e a inversão dos oito primeiros do grid, Schuback ganhou o direito de largar na pole, na corrida seguinte. Ele manteve a ponta até a terceira volta, quando cedeu a posição para Paulo Lanfredi. Disputas acirradas, que provocaram toques e carros parados em posição perigosa, fizeram o safety car neutralizar a prova em três oportunidades. O incêndio no carro de André Rodrigues também deu origem a paralisação da disputa na nona volta. Após o reinício quem levou a melhor foi Rodrigo de Paoli, que largara em sétimo. “Foi uma prova tensa. Quando a vitória parecia certa, a junta do motor queimou, a duas voltas do final, e tive que administrar, de olho no retrovisor”, contou o vencedor.

 

Veja os cinco primeiros que foram ao pódio em cada prova:

 

Estadual de Marcas

 

3ª etapa do campeonato:

1-     João Scalabrin – 20 voltas em 33m17s117

2-     Rodrigo de Paoli – a 0s218

3-     Olavo Leite – a 2s912

4-     Gustavo Mascarenhas – a 3s279

5-     Paulo Lanfredi – 4s302

 

4ª etapa do campeonato

1-     Rodrigo de Paoli  – 16 voltas em 30m33s541

2-     Marcelo Costa – a 1s170

3-     João Scalabrin – 2s457

4-     Chiquinho Costinhas – a 3s821

5-     Marcus Vinícius – a 4s061

 

 

Estadual de Arrancada

 

Desafio – Fábio de Souza Nunes

Super Stock – Cristian Dutra

Traseira Original- Rui Carlos de Araújo

Dianteira Turbo C – Leandro Azevedo Ramos

Dianteira Turbo B – Renato Gonçalves de Almeida

Força Livre Dianteira – Alex Sandro Candeias

Força Livre Traseira – Ronaldo Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *