Marcas & Pilotos: Irmãos Chemin vencem as duas provas na quarta etapa

Ruy conquista primeira vitória no grupo A e salta para terceiro na tabela. César volta ao topo do pódio e é líder isolado do grupo N.

A festa da família Chemin foi completa na quarta etapa do Campeonato Regional de Marcas & Pilotos, que teve suas baterias disputadas na tarde deste domingo (30) no Autódromo Internacional de Cascavel. Pelo grupo A, Ruy Chemin conquistou sua primeira vitória na temporada e saltou para terceiro na tabela de classificação. No grupo N, César Chemin, seu irmão, obteve a segunda vitória no ano e assumiu a liderança isolada na pontuação.

Ruy fez uma prova de cautela na primeira bateria. Quinto no grid, valeu-se de quebras e saídas de pista dos oponentes, consumou ultrapassagens seguras para levar o Gol número 66 da equipe Zini, decorado nas cores de Chegaz e Chemin Supermercados, à vitória. Luiz Pielak, da Seidel, foi segundo, à frente de Júnior Caús, da Caús, de Adriano Reisdorfer, da Stumpf, e de Cleves Formentão, da Largarto, que liderou metade da prova e teve problemas com o câmbio.

Na segunda bateria, Ruy optou por uma troca de pneus, que o obrigou a abdicar do direito de largar da pole. Teve seu carro removido para o fim do grid e, em poucas voltas, estava na disputa pela liderança. Os abandonos de Caús e de Formentão o ajudaram a cruzar a linha de chegada em segundo, atrás de Daniel Reisdorfer, irmão e companheiro de equipe de Adriano. Pielak foi terceiro. Todos os outros pilotos do grupo A abandonaram a prova.

No grupo N, César conseguiu aproveitamento máximo. Marcou o ponto extra pela conquista da pole e venceu as duas baterias. Na primeira, depois que o vice-líder Thiago Klein abandonou, administrou a vantagem até a bandeirada final. Paulo Pizzoni, da Andercar, com quem dividia a liderança do campeonato, foi o segundo, à frente de Jefferson Thomé, da Caús Motorsport, de Miguel Laste, da Oeste Competições, e de Sílvio Silva Filho, da Sivel Competições.

Na segunda prova, Chemin chegou a ser ultrapassado por Laste, mas retomou a ponta e levou o Escort número 66 da Sorbara Motorsport, em que leva as cores de Chelog, Comil e Guardanapos Gardênia, a mais um primeiro lugar. Laste, representante da cidade de Toledo, foi o segundo, com Thomé em terceiro, Rogério Pires, da Sivel Competições, em quarto e Guilherme Sirtoli, da 2S Racing, em quinto, mesmo depois de sofrer um acidente na primeira bateria.

Na soma dos pontos das duas baterias, Ruy Chemin confirmou a vitória na quarta etapa com 35, quatro a mais que os irmãos Reisdorfer, que terminaram em segundo. Pielak, com 27, foi o terceiro, à frente de Formentão (8 pontos), Renato Ribeiro (6), Jair Peasson (4) e Gelson Veronese (3), que fez sua estréia no grupo A pilotando o Uno a Alex Deitos Preparações – até a segunda etapa, ele fez parte do grupo N, com um Escort da equipe Lagarto.

A somatória de pontos do grupo N revelou a segunda vitória consecutiva de César Chemin, que somou 41. Laste ficou em segundo com 25, apenas um a mais que Thomé, terceiro. Pires, com 16, e Pizzoni, com 15, completaram o pódio. Outros quatro pilotos pontuaram: Sílvio Silva Filho, da Sivel, Guilherme Sirtorli, da 2S, Edson Massaro, da Sorbara, e Guilherme de Conto, da De Conto Motorsport. Diego Barroso e Thiago Klein saíram da prova sem pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *