Marcas & Pilotos: Ribeiro tenta liderança de dois campeonatos

Terceiro na classificação do Regional, piloto da equipe Sete busca vitória também para abrir a temporada do Paranaense como líder.


O Campeonato Regional de Marcas & Pilotos terá neste domingo (11) a prova que vai encaminhar a definição da lista de candidatos aos títulos dos grupos N e A. O grid para as duas baterias da terceira etapa, no Autódromo Internacional de Cascavel, será composto por 36 carros. A projeção acima da média deve-se à vinda de oito pilotos do Metropolitano de Londrina, já que a prova em Cascavel vai marcar, também, a abertura do Campeonato Paranaense.

“Com mais carros na pista, a disputa aumenta. A corrida fica ainda mais interessante para quem assiste. Para nós, que vamos estar no meio da confusão, é uma coisa diferente, também”, opina Renato Ribeiro, um dos mais jovens pilotos do Regional, com 17 anos. “Fica interessante, também, porque quem vencer a corrida vai ficar bem nos dois campeonatos, e todo mundo está trabalhando duro para aproveitar a chance de ganhar duas em uma”, considera.

Renato, que tem no Gol número 8 da Sete Motorsport as logomarcas de Gazin Atacado, Colchões Gazin e Rezende Associados, está em terceiro lugar na classificação do grupo A, com 50 pontos. Os irmãos Adriano e Daniel Reisdorfer, da Stumpf Preparações, venceram a primeira etapa e lideram com 61. O vice-líder é Marlon Bastos, da Ferrari Competições, venceu a corrida seguinte e tem 51. “A disputa pela liderança está complicada”, considera Ribeiro.

Na primeira etapa, Renato liderou a bateria inicial da largada à 17ª volta. Superado por Adriano, terminou em segundo. Na bateria seguinte, abandonou na 20ª volta, com um pneu furado, quando era segundo. Na soma de pontos, ficou em quarto. Na segunda etapa, o piloto cascavelense da Sete Motorsport venceu a primeira bateria – uma das mais disputadas dos últimos anos – e ficou em quinto na segunda. Na soma de pontos, foi ao pódio em terceiro.

“É hora de vencer minha primeira corrida no ano, mas não vai ser fácil”, diz Ribeiro. Nos testes particulares das últimas semanas, ele enfrentou problemas com o acerto de amortecedores de seu carro. “Considerando todas as dificuldades que tivemos, chegamos a algumas conclusões que podem deixar o carro bem mais competitivo. Se isso acontecer, a chance de vitória aumenta, mas os tempos dos outros pilotos têm sido muito bons”, observa o piloto.

As duas baterias da corrida de domingo terão largada às 13h e às 14h45. A CATVE transmitirá a disputa ao vivo para mais de 40 municípios, com geração de imagens da Master. TV. A narração é de Luciano Monteiro, com comentário do piloto Flávio Poersch, campeão regional de 2005. A programação do evento prevê ainda as duas baterias da primeira etapa do Paranaense de Speed Fusca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *