McLaren cogita retorno da equipe a Fórmula Indy


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

A presença de Fernando Alonso em algumas das etapas da Fórmula Indy parece ter feito com que a McLaren cogitasse também a possibilidade de voltar a fazer parte da categoria automobilística americana e os rumores sobre esse fato ganham cada vez mais força. Conselheiro do piloto espanhol nas etapas de 2017, o CEO da equipe, Zak Brown, alimentou as esperanças do retorno e admitiu que é um processo estudado.

“A Fórmula Indy é uma coisa que está sendo seriamente considerada pela McLaren. Estamos fazendo um estudo ao longo dos últimos tempos e parece algo favorável. Comercialmente precisa ser viável e isso é algo que acreditamos que possa se encaixar bem na filosofia da marca” disse Brown. “A decisão será tomada nos próximos meses e vamos seguir em frente se suprir todas as nossas necessidades”, completou.

Porém, o dirigente garantiu que a Fórmula 1 continua sendo prioridade e a entrada na Indy só será feita caso a relação não seja afetada. “Como dito antes, para voltar a formas de competir nas quais a McLaren possui uma história, precisamos fazer isso de uma forma que não comprometa nossas atividades na Fórmula 1″, ressaltou o CEO.

Principal piloto da McLaren, Fernando Alonso tem ampliado, desde a última temporada, seus horizontes no automobilismo. Nesta temporada, o espanhol somou ao seu calendário participações na WEC, além das etapas determinadas na Indy, que acontecem desde o ano passado. Uma das possibilidades, nesse cenário, é a presença do piloto de forma definitiva na categoria americana, algo que o dirigente desconversa.

“Estamos conversando com o Alonso e seguindo os passos do ano passado quando, nessa época, tratamos desse assunto. Ele está na Fórmula 1 há muito tempo, mas acho que ele está melhor do que nunca. Claro que está um um pouco frustrado pelas condições da Fórmula 1, que acabou se tornando um campeonato mais de construtores que de pilotos. Mas ele adora todas as competições e queremos manter ele na McLaren de alguma forma”, finalizou Zak Brown.

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *