Mercedes-Benz Challenge: Diniz e Simão vencem na despedida de Curitiba

– Paulista Arnaldo Diniz foi o primeiro pela CLA AMG Cup
– Catarinense Claudio Simão levou a melhor pela C 250 Cup
– Com duas poles e duas vitórias, Diniz tornou-se o maior vencedor neste circuito pela categoria AMG

O paulista Arnaldo Diniz Filho, campeão da temporada de estreia da CLA AMG Cup do Mercedes-Benz Challenge, deu neste fim de semana em Curitiba o primeiro passo rumo em direção ao bicampeonato. Pole position da etapa após a exclusão do catarinense Cristian Mohr por problemas na vistoria técnica realizada no sábado, Diniz soube aproveitar a vantagem de ser o primeiro do grid para dominar a etapa do início ao fim.

Sempre seguido de perto pelo também paulista José Vitte, segundo colocado na classificação geral da prova e primeiro da classe master, Diniz resistiu aos ataques do adversário no primeiro terço de corrida e soube cuidar do carro na parte final da disputa para manter o melhor ritmo neste domingo. Com o resultado, o paulista tornou-se o maior vencedor neste circuito pela CLA AMG Cup, com duas vitórias e duas pole positions obtidas em 2014 e 2016.

“Muito bom recomeçar ganhando, em especial pelos problemas que tivemos no ano passado. É um gosto muito bom. Vou sempre lembrar desta prova e desta vitória importante, justamente na despedida do circuito. Este é um autódromo do qual gosto muito. Fez muito calor durante a corrida, então tivemos que guiar mais suave no fim da prova para controlar o desgaste”, resumiu o vencedor.

Considerado um especialista no traçado curitibano, José Vitte deu trabalho a Diniz até mesmo na parada de box obrigatória. Os dois quase se tocaram quando retornaram à pista. “Foi uma corrida maravilhosa, muito disputada do começo ao fim”, avaliou o piloto, que compete pela equipe Cordova Racing, time baseado no circuito paranaense. “No final da prova eu cansei um pouco por conta do calor. Este resultado foi excelente para o início da temporada. Nós também lideramos treinos e fomos competitivos durante todo o fim de semana. Só tenho a agradecer à equipe Cordova, que me entregou um grande carro todas as vezes em que fomos à pista”.

Maior vencedor neste circuito pela C 250 Cup, Neto De Nigris agora compete na CLA AMG Cup e foi o terceiro colocado geral da prova, além de segundo na divisão master. Na movimentada parada de box, que por pouco não mudou a história da segunda metade da prova, ele chegou a superar José Vitte ainda na área dos pits e depois devolveu a posição para evitar ser punido pelos comissários desportivos.

“Meu carro e o do Vitte estavam muito parecidos. Na pista seria difícil conseguir superá-lo, então vi uma brecha durante a parada obrigatória porque o Vitte e o Arnaldo quase se enroscaram quando deixaram suas posições nos boxes. Meu tempo estava justo, então fiquei de olho no cronômetro e vi que poderia acelerar um pouco mais e mesmo assim cumprir a parada no tempo mínimo estabelecido. Quando saí na frente, minha equipe me informou pelo rádio que eu seria punido se não devolvesse a posição logo em seguida, então abri para que ele seguisse. Foi uma grande prova e estou feliz com as perspectivas de melhora da equipe em 2016”, comentou Neto.

Primeira vitória na C 250 – A corrida da divisão C 250 Cup foi movimentada e cheia de alternativas. O primeiro a receber a bandeirada final foi Claudio Simão. O catarinense estreou no Mercedes-Benz Challenge na antepenúltima corrida de 2015 depois de uma sólida carreira de mais de 25 anos no esporte a motor – que inclui participações no kart e em regionais de Turismo -, e chegou à sua primeira vitória na categoria neste domingo.

“É muito bom começar o ano com uma vitória. Quero dar continuidade a este resultado e trabalhar para ser campeão. Já na terceira volta percebi que nosso carro era bastante competitivo e, a partir da metade da prova, meu ritmo ainda melhorou mais um pouco. Foi uma ótima corrida”, comemorou Simão.

O segundo colocado na C 250 Cup foi o paulista Flavio Andrade, que comemorou a boa fase: “A corrida foi excelente. Estava poupando o meu carro, porque percebi que se os pneus dos competidores da minha frente se desgastaram e eu mais conservador, economizando um pouco nas curvas para chegar no final com bons pneus e freios”, contou ele. “No final eu diminui o ritmo, porque vi que não tinha nenhum piloto ameaçando a minha posição. Agora vamos trabalhar duro para estar entre os que podem disputar o título neste ano”, completou.

A corrida deste domingo terminou assim:

1) Arnaldo Diniz Filho (Comark Racing – CLA ), 30 voltas em 49min44s000
2) José Vitte (Cordova Motorsports – CLA M), a 4s387
3) Neto De Nigris (L3 Motorsport – CLA M), a 7s477
4) Fernando Fortes (Mottin Racing – CLA ), a 20s851
5) Betão Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing – CLA M), a 23s366
6) Claudio Dahruj (L3 Motorsport – CLA M), a 30s487
7) Roger Sandoval (Mottin Racing – CLA ), a 32s547
8) Lorenzo/Paulo Varassin (Cordova Motorsports – CLA ), a 33s047
9) Luiz Carlos Ribeiro (Ourocar – CLA ), a 33s633
10) Cesar Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing – CLA M), a 36s478
11) Marcelo Hahn (Blau Motorsport – CLA M), a 37s954
12) Renato Braga (RSports Racing – CLA ), a 44s530
13) Fernando Junior (WCR – CLA ), a 45s881
14) Paulo Totaro (Scuderia 111 – CLA M), a 56s231
15) Fernando Poeta (Sul Racing – CLA M), a 1min15s396
16) Danilo Pinto (Scuderia 111 – CLA ), a 1 volta
17) Claudio Simão (Center Bus Sambaiba Racing – C250 M), a 1 volta
18) Flavio Andrade (Hot Car Competições – C250 M), a 1 volta
19) Marcos Paioli/Peter Gottschalk (Paioli Racing – C250 M), a 1 volta
20) Peter Michel Gottschalk (Paioli Racing – C250 ), a 2 voltas
21) Max Mohr (RSports Racing – C250 M), a 2 voltas
22) Fabio Escorpioni (Ensite Racing Team – C250 ), a 2 voltas
23) Betinho Sartório (Paioli Racing – C250 M), a 2 voltas
24) Beto Rossi/Idenis R. de Souza (RSports Racing – C250 M), a 2 voltas
25) C.A.Guilherme (Center Bus Sambaiba Racing – C250 M), a 4 voltas
26) André Paulo Varasin (Center Bus Sambaiba Racing – C250 ), a 5 voltas
27) Carlos Kray (CKR Racing – CLA M), a 9 voltas
28) Pierre Ventura (CKR Racing – CLA ), a 13 voltas
29) Adriano Rabelo (Cordova Motorsports – CLA ), a 15 voltas
30) Cristian Mohr (RSports Racing – CLA ), excluído
31) Fernando Amorim (Fiolux RSports Racing – CLA M), excluído

Com este resultado, o campeonato está assim:

CLA AMG Cup
1) Arnaldo Diniz Filho, 20
2) José Vitte, 17
3) Neto De Nigris, 15
4) Fernando Fortes, 13
5) Betão Fonseca, 11
6) Claudio Dahruj, 10
7) Roger Sandoval, 9
8) Lorenzo/Paulo Varassin, 8
9) Luiz Carlos Ribeiro, 7
10) Cesar Fonseca, 6
11) Marcelo Hahn, 5
12) Renato Braga, 4
13) Fernando Junior, 3
14) Paulo Totaro, 2
15) Fernando Poeta, 1

C 250 Cup
1) Claudio Simão, 20
2) Flavio Andrade, 17
3) Marcos Paioli/Peter Gottschalk, 15
4) Peter Michel Gottschalk, 13
5) Max Mohr, 11
6) Fabio Escorpioni, 10
7) Betinho Sartório, 9
8) Beto Rossi/Idenis Souza, 8
9) Carlos Guilherme, 7
10) André Varasin, 6

A próxima etapa do Mercedes-Benz Challenge acontece no dia 22 de maio, em Goiânia. Mais informações sobre a categoria pelo site www.mbchallenge.com.br.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *