Mercedes-Benz Challenge: Em Goiânia, Vitte conquista primeira vitória na CLA AMG Cup

– Piloto paulista superou Adriano Rabello na penúltima volta da prova
– Pela C 250 Cup, Marcos Paioli venceu mais uma e entrou na disputa pelo título

Fim de semana de vitórias paulistas no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, durante a sétima etapa do Mercedes-Benz Challenge. A prova que definiu os descartes obrigatórios da temporada foi emocionante do início ao fim, e terminou com duas vitórias importantíssimas para os pilotos José Vitte e Marcos Paioli.

Vitte conquistou a primeira vitória dele na CLA AMG Cup depois de assumir a liderança da corrida na penúltima volta. “Quando recebi o aviso da equipe pelo rádio que restavam apenas cinco minutos para a bandeirada, respondi que era hora de ir para cima. No final, com os pneus e os freios desgastados, é quando as corridas realmente se definem. Consegui aproveitar a única chance que tive em toda a prova para assumir a ponta. Foi milimétrico”, declarou Vitte.

O ganhador relembrou o carinho que sente pela pista de Goiânia, e a boa energia que as provas realizadas na cidade trazem a ele. “Depois de sofrer um acidente que me afastou das pistas por um tempo, voltei a competir em 2015 justamente nesta pista e, naquela oportunidade, conquistei meu primeiro pódio na geral. Hoje, novamente em Goiânia, chego a minha primeira vitória. Jamais vou esquecer esta corrida”, acrescentou.

Com este resultado, Vitte passou a somar 78 pontos na classificação geral do campeonato, assumiu a vice-liderança e se manteve vivo na disputa. O líder da categoria CLA AMG Cup continua sendo o gaúcho Fernando Júnior, que após realizar um pit stop extra, cruzou a linha de chegada na nona posição. O gaúcho, campeão em 2015, soma 98 pontos na tabela.

Matematicamente, quatro pilotos ainda têm chances de conquistar o título da CLA AMG Cup em Interlagos. Além de Vitte, Roger Sandoval (75 pontos) e Betão Fonseca (74), são os mais próximos do líder.

Já sem chances de chegar ao título na etapa final, em São Paulo, o cearense Adriano Rabelo ficou a pouco mais de dois minutos de conquistar seu maior objetivo em Goiânia

“Tentei preservar os pneus, que já estavam com bolhas. Apesar da liderança, estava difícil manter o carro na pista de forma competitiva. O Vitte estava um pouco mais rápido do que eu, mas eu teria conseguido ficar na ponta. Infelizmente, um retardatário à minha frente saiu do traçado e me atrapalhou no final da penúltima volta”, lamentou Rabelo.

Primeiro pódio – a etapa de Goiânia foi especial, também, para o paulista Fabio Escorpioni, terceiro colocado. Depois de estrear no Mercedes-Benz Challenge no ano passado pela categoria C 250 Cup, ele subiu para a categoria CLA AMG Cup neste ano e conquistou seu primeiro pódio neste domingo. “Nosso histórico nesta temporada foi curioso, porque começamos diversas corridas bem, com chances de andar na frente, mas na maioria delas sofremos contratempos. Neste domingo, amargamos nossa pior posição de largada, mas acertamos na estratégia e chegamos em terceiro. Ironicamente, foi perfeito”, resumiu o paulista.

Vitória dramática na C 250 Cup – pole position para a disputa deste domingo, o paulista Marcos Paioli chegou a perder a liderança após uma penalização sofrida durante a parada obrigatória nos boxes, mas recuperou a ponta a cinco minutos da bandeirada depois de uma disputa emocionante com Flavio Andrade.

“Fui avisado prontamente pela equipe que queimamos a saída dos boxes por apenas um décimo de segundo, e já na volta seguinte voltei aos pits para pagar o time penalty. Com os carros ainda lentos na pista, consegui perder menos tempo e retomar a liderança no final. A equipe foi maravilhosa. Em Interlagos, vou buscar fazer novamente todos os pontos possíveis para conquistar o campeonato”, declarou o vencedor.

A disputa com Flavio Andrade foi uma das mais emocionantes da prova, e teve direito a rodas na grama e toques de retrovisores. “Eu não esperava que o Paioli fosse colocar o carro onde colocou, e não tive como segurar. Chegamos até a trocar tinta, mas de forma muito leal. É isso que dá emoção ao nosso esporte”, avaliou o segundo colocado.

A disputa pelo título na C 250 Cup ficou ainda mais acirrada após a vitória de Paioli e a definição dos descartes obrigatórios previstos pelo regulamento. O vencedor deste domingo subiu para a vice-liderança na tabela, com 92 – mesma pontuação de André Moraes Jr. Claudio Simão continua na liderança, com 94.

Seis pilotos chegarão a Interlagos com chances matemáticas de título, mas os três primeiros no campeonato são os únicos que dependem apenas de seus próprios resultados para conquistar a taça. “O campeonato ainda está em jogo”, encerrou André Moraes Jr.

Confira o resultado final do Mercedes-Benz Challenge após a etapa de Goiânia, e a classificação geral do campeonato.

CLA AMG Cup

1) José Vitte (WCR)
2) Adriano Rabelo (Cordova Motorsports)
3) Fabio Escorpioni (Hot Car Competições)
4) Fernando Amorim (Mottin/Sul Racing)
5) Roger Sandoval (Mottin Racing)
6) Raijan Mascarello (Mottin Racing)
7) Betão Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing)
8) Fernando Poeta (Mottin/Sul Racing)
9) Fernando Júnior (WCR)
10) Pierre Ventura (Cordova Motorsports)
11) Bruno Alvarenga (Rsports Racing)
12) Luiz Carlos Ribeiro (Ourocar Racing)

C 250 Cup

1) Marcos Paioli (Paioli Racing)
2) Flavio Andrade (Hot Car Competições)
3) André Moraes Jr. (PGL Racing)
4) Peter Michael Gottschalk (Paioli Racing)
5) Beto Rossi (Paioli Racing)
6) João Lemos (PGL Racing)
7) Claudio Simão (Center Bus Sambaiba Racing)
8) Leandro Reis (Rsports Racing)
9) Fabio Peterson (Center Bus Sambaiba Racing)
10) Carlos Machado (Center Bus Sambaiba Racing)
11) Cello Nunes (Rsports Racing)
12) Vinícius Fugi (Brandão Motorsport)
13) Luiz Barcellos (Center Bus Sambaiba Racing)
14) Carlos Guilherme/Sergio Kuba (Center Bus Sambaiba Racing)
15) Alexandre Navarro (Rsports Racing)
16) Raphael Teixeira/Rodrigo Cruvinel (Brandão Motorsport)

Campeonato CLA AMG Cup

1) Fernando Junior, 98
2) José Vitte, 78
3) Roger Sandoval, 75
4) Betão Fonseca, 74
5) Raijan Mascarello, 68
6) Luiz Carlos Ribeiro, 61
7) Pierre Ventura, 53
8) Lorenzo Varassin, 52
9) Adriano Rabelo, 49
10) Fernando Poeta, 49
11) Fernando Amorim, 49
12) Fabio Escorpioni, 48
13) Renato Braga, 45
14) Paulo Varassin, 30
15) Alexandre Buneder, 23
16) Cristian Mohr, 17
17) Danilo Pinto, 16
18) Bruno Alvarenga, 5
19) Cesar Fonseca, 2

Campeonato C 250 Cup

1) Claudio Simão, 94
2) Marcos Paioli, 92
3) André Moraes Jr., 92
4) Flavio Andrade, 76
5) João Lemos, 76
6) R. Teixeira/R. Cruvinel, 60
7) Cello Nunes, 54
8) Peter Gottschalk, 50
9) Beto Rossi, 49
10) Peter Michel Gottschalk, 48
11) Carlos Machado, 41
12) Alexandre Navarro, 42
13) Max Mohr, 29
14) Fabio Peterson, 25
15) Luiz Barcellos, 23
16) C.A.Guilherme/S.Kuba, 22
17) Ciro Lobo, 18
18) Bruno Alvarenga, 15
19) Ydenis de Souza, 15
20) Leandro Reis, 8
21) Fernando Pessoa, 6
22) Rudinei Sabino, 4
23) Vinicius Fugi, 4
24) Giusepe Vecci, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *