Mercedes-Benz Grand Challenge: Edson Jr. leva a melhor sobre Marcio Campos em briga emocionante e ve

Desclassificado após vencer em Curitiba, jovem piloto conquista primeira vitória na categoria na etapa gaúcha, depois de travar duelo incrível com piloto da casa

Corrida emocionante do início ao fim marca a etapa de Tarumã da Mercedes-Benz Grand Challenge, na região metropolitana de Porto Alegre, e nela foi confirmada a primeira vitória de Edson Jr. na categoria. O piloto de apenas 18 anos teve de suar o macacão para vencer o gaúcho Marcio Campos, que corria em casa e com o apoio da torcida local. Rubens Tilkian ganhou posições importantes no final da corrida e ficou em terceiro, enquanto José Fernando Jr. e Neto De Nigris fecharam o pódio.

Largando na pole position, o mineiro tentou segurar o máximo possível a arrancada, mas, quando finalmente pisou fundo, não conseguiu segurar a liderança e perdeu a ponta para o gaúcho da equipe Sicredi Racing. As posições seguiram assim até a parada nos boxes. Campos foi o primeiro a entrar no pit e a hora que saiu e teve de buscar Edinho, que só parou três voltas depois. Foi na saída dos boxes que o mineiro ganhou definitivamente a posição, mesmo que por pouquíssima distância, e para não perder mais até o final da corrida.

A briga ainda ficou acirrada por mais algumas voltas e quando parecia que Marcio, embalado pela torcida, reassumiria a liderança na reta tentando ultrapassar Edson por fora, os dois se tocaram, o gaúcho levou a pior e foi parar na brita. Na hora que voltou para a pista a diferença entre os dois era de 5 segundos. Mesmo andando mais rápido que o rival em quase todas as voltas, Campos só conseguiu diminuir a diferença, porém sem oferecer mais perigo ao jovem vencedor Edson Jr.. Ele já havia vencido a etapa de Curitiba nas pistas, mas foi desclassificado da prova por uma irregularidade no carro.

Mesmo com a quinta posição, Neto De Nigris segue na liderança do campeonato com 48 pontos, mas viu o segundo lugar se aproximar. Agora o segundo posto é de Marcio Campos, que soma 44. Com 43, o terceiro é Rubens Tilkian. Ainda bastante abaixo, Edson Jr. soma agora 30 pontos na tabela de classificação.

Edinho comemorou o trabalho da equipe nos últimos finais de semana: “Que bom que a equipe tem me dado um carro muito competitivo nessas últimas etapas e eu tenho conseguido reconhecer bem os traçados de Curitiba e Tarumã, que foram novos pra mim. Bom, vamos seguir somando pontos e tentar brigar pelo campeonato”, disse o piloto.

Já Marcio Campos lamentou o toque, mas também saiu feliz da prova: “Ele conseguiu fazer a parada mais rápido que eu e saiu na frente. Na reta eu achei que tinha espaço para passar, mas aconteceu o toque. Achei que foi toque de corrida normal. Mas fiquei feliz pela corrida e agora que consegui diminuir a distância para o líder do campeonato. Vamos brigar para assumir essa liderança de vez”, declarou.
A próxima etapa da categoria acontece nos dias 17 e 18 de agosto, no Autódromo de Interlagos em São Paulo.

Confira as posições da corrida de Tarumã:

1- Edson Jr.
2- Marcio Campos + 1.647
3- Rubens Tilkian + 23.585
4- José Fernando Jr. + 29.830
5- Neto De Nigris + 30.091
6- Peter Gottschalk + 1:12.320
7- Arnaldo Diniz Filho + 1 volta
8- Leo Denigris + 1 volta
9- Roberto Santos + 1 volta
10- Beto Rossi + 2 voltas
11- P. Gottschalk/M. Paioli + 3 voltas
12- Cesare Marucci DQ
13- Fernando Amorim DQ
14- R. Teixeira/B. Santos DQ
15- Betinho Sartorio DQ
16- Rafael Zapelini DQ
17- Lineu Linnardi DQ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *