F1: Lewis Hamilton vence a primeira pela Mercedes

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (28/07), o GP da Hungria, no Circuito de Hungaroring, 10ª etapa da temporada. Foi a 22ª vitória de Hamilton na categoria, a primeira pela Mercedes. O finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) e o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) completaram o pódio.

Em uma prova disputada sob forte calor, Hamilton alinhou na pole-position e perdeu a liderança apenas quando foi para os boxes, trocar os pneus (foram três paradas). Foi a quarta vitória de Hamilton em Hungaroring (2007, 2009, 2012, 2013).

Raikkonen (com a estratégia de duas paradas nos boxes) e Vettel fizeram um ótimo duelo pela segunda posição nas voltas finais. Com direito a uma saída de pista de Vettel, depois de chega-pra-lá do finlandês. Pelo rádio, o alemão reclamou do rival.

Quarto colocado, o australiano Mark Webber (Red Bull) fez uma ótima prova, após sair do meio do pelotão. O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) foi o quinto, seguido pelo francês Romain Grosjean (Lotus). O francês levou um drive-through,  por usar a parte de fora da pista, superar o brasileiro  Felipe Massa (Ferrari). Após a prova, Grosjean levou outra punição, por um toque com o britânico  Jenson Button (McLaren).

O Campeão Mundial de 2008, com uma estratégia de duas paradas, terminou em 7º. O brasileiro Felipe Massa (Ferrari) foi o 8º. Logo na volta inicial, Massa e o alemão Nico Rosberg (Mercedes) se tocaram na curva cinco. Com a asa dianteira danificada, o brasileiro foi para os boxes, mas a equipe optou em não trocar a peça.

O mexicano Sergio Pérez (McLaren), também com duas paradas, e venezuelano Pastor Maldonado (Williams) fecharam a zona de pontos. Foi o primeiro ponto da tradicional equipe britânica no ano.

Com um principio de incêndio no motor, Rosberg abandonou na 65ª volta.

Vettel lidera o campeonato com 172 pontos, seguido por Raikkonen com 134 e Alosno com 133.

A próxima etapa acontece apenas no dia 25 de agosto, em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Final:

1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 70 voltas em 1h42min29s445
2: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) – 10s9
3: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 12s4
4: Mark Webber (AUS/Red Bull) – 18s0
5: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 31s4
6: Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 52s2*
7: Jenson Button (ING/McLaren) – 53s8
8: Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 56s4
9: Sergio Perez (MEX/McLaren) – a 1 volta
10: Pastor Maldonado (VEN/Williams – a 1 volta
11: Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) – a 1 volta
12: Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) – a 1 volta
13: Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) – a 1 volta
14: Giedo van der Garde (HOL/Caterham) – a 2 voltas
15: Charles Pic (FRA/Caterham) – a 2 voltas
16: Jules Bianchi (FRA/Marussia) – a 3 voltas
17: Max Chilton (ING/Marussia) – a 3 voltas
*Punido com 20 segundos por toque em Button
Não completaram
Paul Di Resta (ESC/Force India)
Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
Valtteri Bottas (FIN/Williams)
Esteban Gutierrez (MEX/Sauber)
Adrian Sutil (ALE/Force India)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *