Mercedes-Benz Grand Challenge: João Campos vence a primeira do fim de semana em Interlagos

Piloto gaúcho manteve a liderança do Mercedes-Benz Grand Challenge

O piloto João Campos, parceiro de pilotagem do filho, Márcio Campos, conquistou a vitória da corrida deste sábado (27) do Mercedes-Benz Grand Challenge, realizada em Interlagos, e manteve a liderança do campeonato. João liderou a corrida de ponta a ponta, controlando Leandro Romera, que terminou em segundo, menos de meio segundo atrás. Neto De Nigris fechou em terceiro. Marcelo Hahn, que largou em oitavo, chegou na quarta posição e Arnaldo Diniz Filho completou o pódio.

Duelando com Leandro Romera durante todo o fim de semana pelos melhores tempos, João Campos fala sobre a dificuldade da vitória. “Não foi fácil. Desde o primeiro treino vinha disputando as melhores voltas com o Leandro, mas consegui fazer a pole e vencer hoje. Amanhã é outra parada dura, mas consegui deixar uma boa posição de largada para o Márcio Campos e espero que dê tudo certo, como na corrida de hoje”, encerra João Campos.

Para Leandro Romera, o resultado em sua primeira corrida foi ótimo. “Tive a oportunidade de andar na quinta-feira e gostei muito do carro. Por isso, resolvi correr e fiquei muito feliz com o resultado que alcançamos. Tivemos um acidente em Curitiba, trabalhamos no carro e conquistamos nosso primeiro pódio. Amanhã o Sérgio Martinez (parceiro de pilotagem) vai correr largando de segundo e espero que ele consiga ter uma prova tão boa quanto a minha”.

Correndo grande parte da prova sem adversários por perto, Neto De Nigris acredita que o começo disputado de corrida, com toques, eliminou sua chance de vitória. “No início da prova levei bastante pressão do Rodney Felício, então quando consegui me livrar estava sozinho, pois os dois tinham aberto uma grande vantagem. A categoria está muito equilibrada e o resultado foi excelente. Amanhã minha expectativa é vencer, mas vamos com calma para ver como será o dia”, encerra o piloto.

O RESULTADO FINAL EM INTERLAGOS

1º) 31 – João Campos ( , RS), 16 voltas em 31:53.761 (média de 129,99 km/h)
2º) 28 – Leandro Romera ( , SP), a 0.402
3º) 11 – Neto De Nigris ( , SP), a 10.323
4º) 16 – Marcelo Hahn ( , SP), a 17.140
5º) 77 – Arnaldo Diniz Fº ( , SP), a 25.218
6º) 60 – Carlos Fonseca ( , SP), a 30.889
7º) 6 – Rodney Felicio ( , SP), a 31.541
8º) 12 – Leo De Nigris ( , SP), a 37.212
9º) 111 – Zizi Paioli ( , SP), a 40.920
10º) 15 – Marcelo Rodriguez ( , SP), a 45.476
11º) 76 – Eduardo Marçon ( , SP), a 46.552
12º) 21 – Peter M.Gottschalk ( , SP), a 1:01.895
13º) 24 – Michael Bamberg ( , SP), a 1:08.023
14º) 47 – Carlos Napolitano ( , SP), a 1:10.850
15º) 13 – Cristiano Fumagalli ( , SP), a 1 volta
16º) 44 – Cesar Marrucci ( , SP), a 5 voltas
17º) 55 – Roberto Santos ( , SP), a 7 voltas
18º) 8 – Fábio Delamuta ( , SP), a 8 voltas
19º) 88 – José F.Amorim Jr. ( , SP), a 11 voltas

A CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DO CAMPEONATO (APÓS 11 DE 20 CORRIDAS)

1º) Marcio Campos/João Campos – 77 pontos
2º) Neto De Nigris – 72
3º) Marcelo Hahn – 50
3º) Rodney Felício – 50
3º) Arnaldo Diniz Filho – 50
6º) Peter M. Gottschalk – 29
7º) Beto Fonseca – 25
8º) Alexandre Zaninotto – 24
9º) Sérgio Martinez – 22
9º) Césare Marrucci – 22
11º) Peter Gottschalk Jr./Zizi Paioli – 21
12º) Leo De Nigris – 19
13º) Leandro Romera – 17
14º) Roberto Rossi – 16
15º) Amorim Jr. – 14
15º) Abramo Mazzochi – 14
17º) Fábio Ebrahim – 10
18º) Marcelo Cesquim – 7
19º) Walter Coutinho – 5
20º) Roberto Santos – 3
20º) Marcos Ramos – 3
22º) Eduardo Marçon – 1
22º) Michael Bamberg – 1
22º) Caíto Vianna/Marcelo Rodrigues – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *