Mercedes-Benz Grand Challenge: Márcio Campos vence e amplia liderança

Márcio Campos, que corre em parceria com o pai, João Campos, venceu a primeira corrida do fim de semana do Mercedes-Benz Grand Challenge, disputada neste sábado (22), em Campo Grande. Foi a quinta vitória da dupla em onze corridas em 2011. Marcelo Hahn chegou em segundo lugar e, com o abandono de Neto De Nigris, assumiu a vice-liderança do campeonato – a diferença é de trinta pontos para Márcio Campos e João Campos. Rodney Felicio terminou em terceiro.

Mas esteve longe de ser uma corrida fácil para Márcio Campos. Ele perdeu a liderança para Leandro Romera e, depois, caiu para terceiro, ultrapassado por Rodney Felicio. Não demorou a recuperar a segunda posição, mas Leandro Romera já havia garantido boa vantagem e poderia ter vencido não fosse um problema que o fez perder posições nas últimas voltas, despencando para quarto e abrindo caminho para a vitória de Márcio Campos.

“No início da corrida tive uma disputa forte com o Leandro Romera. Com o desgaste dos pneus e o calor muito forte, ele acabou me passando, mas fui levando o carro até o final, pensando no campeonato, e deu certo de ganhar a posição dele para vencer. Está sendo um fim de semana muito bom para mim e estou feliz pela vitória. Agora, já dá para pensar um pouco em administrar esta diferença de pontos para o segundo colocado, mas se der quero ganhar mais vezes, claro”, fala Márcio Campos.

Com o segundo lugar na prova, Marcelo Hahn assumiu a vice-liderança do campeonato, deixando para trás Neto de Nigris. “Infelizmente, tive duas corridas complicadas no início do ano e não pontuei, desde então estou dando o meu máximo e tentando os melhores resultados a cada etapa, mas sei que a vantagem deles ainda é muito grande”, revela Marcelo Hahn. “Hoje, não tive uma grande disputa por posição, mas me mantive na pista e aproveitei a queda de desempenho dos adversários”.

Depois de largar em segundo lugar na corrida deste sábado, Rodney Felício não conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes Leandro Romera e Márcio Campos. “Quem começa uma corrida aqui pelo lado de fora do grid de largada acaba perdendo rendimento no início pela sujeira na pista. O vento está muito forte e por isso a terra acaba complicando para gente. Perdi a segunda posição para o Leandro Romera, mas mantive meu ritmo e tive duelos interessantes durante a prova”.

“A luta pelo título está realmente bem difícil, mas vou tentar pelo menos garantir o vice-campeonato. Tomara que continue bem aqui em Campo Grande com uma vitória amanhã”, encerra o piloto, que busca sua primeira conquista no Mercedes-Benz Grand Challenge. A corrida deste domingo (23) tem largada marcada para 11h30 no horário de Campo Grande (12h30 de Brasília). O grid de largada será formado pelo resultado da corrida de sábado.

O RESULTADO EM CAMPO GRANDE

1º) 31 – Marcio Campos (MB, RS), 17 voltas em 30:14.810 (média de 118,16 km/h)
2º) 16 – Marcelo Hahn (MB , SP), a 4.556
3º) 6 – Rodney Felicio (MB , SP), a 12.864
4º) 28 – Leandro Romera (MB , SP), a 18.398
5º) 44 – Cesar Marrucci (MB , SP), a 30.893
6º) 12 – Leo De Nigris (MB , SP), a 32.268
7º) 88 – José F.Amorim Jr. (MB , SP), a 40.094
8º) 29 – Henrique Assunção (MB , SP), a 42.864
9º) 13 – Alexandre Zaninotto (MB , SP), a 1:03.066
10º) 60 – Beto Rossi (MB , SP), a 1:14.400
11º) 111 – Eduardo Garcia (MB , DF), a 1:16.905
12º) 15 – Marcelo Rodriguez (MB , SP), a 1 volta
13º) 11 – Neto De Nigris (MB , SP), a 9 voltas
14º) 76 – Eduardo Marçon (MB , SP), a 13 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *