Mil MIlhas: Prova comemora 50 anos nesse sábado

A Mil Milhas Brasil festeja 50 anos em grande estilo. As mais desejadas máquinas do mundo e alguns dos principais pilotos do automobilismo nacional e internacional estarão reunidos na corrida deste sábado.


Com a organização de Antonio Hermann e de Ricardo Pereira, em 2007 a Mil Milhas Brasil passará a integrar o calendário do FIA GT, maior campeonato de carros de Turismo do mundo. A largada da prova, que mais uma vez integra as comemorações do aniversário de fundação de São Paulo, será às 12h, no Autódromo de Interlagos, zona Sul da capital paulista. A Rede Globo e a SporTV transmitirão flashes ao longo da corrida, que terá 1.609 quilômetros e cerca de 11 horas de duração. 

A Mil Milhas Brasil 50 Anos fará parte, mais uma vez, da comemoração de aniversário da cidade de São Paulo. A largada e a bandeirada quadriculada no final da prova serão dadas pelo prefeito José Serra.

“A festa já está pronta para a comemoração dos 50 anos da mais tradicional corrida do automobilismo nacional. A idéia é ter mudanças nesta edição, mas preservar o espírito romântico de 1956, o primeiro ano da prova. Também estamos nos preparando para a grande festa de 2007, quando abriremos o Mundial da FIA GT”, disse Hermann.

A pole position é do Protótipo ZF, carro de fabricação nacional que deixou para trás máquinas como Ferrari, Mercedes, Porsche, Saleen, Aston Martin e Corvette. O carro, conduzido pelo trio Paulo Roberto Bonifácio/Vitor Meira/Felipe Giaffone completou a volta nos 4.309 metros do autódromo de Interlagos em 1m30s247, com média de 171,888 km/h. A segunda colocação ficou com a Corvette de Paulo Gomes/Mike Hezemans/Alencar Jr./Clemente Lunardi, enquanto a Mercedes DTM, de Tony Kanaan, Pedro Lamy, Raul Boesel e Giuliano Losacco terminou em terceiro.

”O carro é tão rápido que eu fiz a pole à noite com um tempo muito bom. Além de ser bom também temos uma boa equipe de pilotos, mas largar na pole numa prova longa como a Mil Milhas não quer dizer nada além de a gente colocar o nome na história da Mil Milhas”, disse Boni, que participa da Stock Car V8 Light.

A corrida, que neste ano teve modificado o horário de largada para facilitar a visualização do público, terá encerramento por volta das 23h. Assim, serão cerca de sete horas de prova com luz natural.

“Esta é a terceira vez que o ZF participa da Mil Milhas e é sua terceira pole. O carro é bom, tem um motor de 650 cavalos, mesma potência da Corvette, mas o ZF foi feito para corrida enquanto que a Corvette foi adaptada para correr”, disse Felipe, que esteve em todas as três pole positions. A primeira, em 2004, foi conquistada ao lado de Flávio Andrade e Ruyter Pacheco. No ano passado ele formou com Tony Kanaan, Boni e Luiz Paternostro.

A prova mais tradicional do automobilismo nacional passará a integrar o calendário da FIA GT, principal campeonato de carros de Turismo do mundo. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, no Autódromo de Interlagos. Além dos organizadores Antonio Hermann e Ricardo Pereira, a entrevista coletiva teve a presença do chairman da FIA GT, Stephane Ratel, do delegado técnico da FIA, Jean Vinatier, do presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Paulo Scaglione, e do diretor da Rede Globo, Ciro José.

CONHEÇA UM POUCO DAS ESTRELAS DA MIL MILHAS BRASIL 50 ANOS

A Mil Milhas Brasil 50 Anos é uma constelação de pilotos do automobilismo nacional e internacional. Poucas provas no mundo reúnem tantas estrelas como a Mil Milhas Brasil. No total serão cinco títulos mundiais. Entre os brasileiros, estão garantidos o tricampeão mundial de F-1 Nelson Piquet, Raul Boesel, hoje na Stock Car e que tem o título do Mundial de Marcas. Christophe Bouchut detém o título de campeão mundial da FIA GT.

Além de Piquet e Boesel, Tarso Marques, Pedro Lamy e Jean-Marc Gounon também têm passagens pela Fórmula-1. Hélio Castro Neves, duas vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis, Felipe Giaffone e Vitor Meira participam da IRL, categoria que Tony Kanaan se sagrou campeão em 2004. A FIA GT tem como representantes Christophe Bouchut campeão mundial da categoria e vencedor das 24 Horas de Le Mans -, Antonio Hermann, Mike Hezemans, Franz Konrad, Didier Theys, Philipp Peter, Luca Drudi, Marco Cioci Giambasttista Giannoccaro, Alessandro Pierguidi e Toni Vilander.

No Brasil, Giuliano Losacco, bicampeão da Stock Car V8, Raul Boesel, Paulo Roberto Bonifácio, Nonô Figueiredo, Ricardo Maurício, Thiago Marques, Hoover Orsi, Felipe Maluhy e Paulo Salustiano correm na Stock Car V8. Sem contar os ex-campeões da Stock Car Fábio Souto Mayor, Alencar Jr. e Paulo Gomes. A prova ainda conta com Max Wilson, que fez testes na Fórmula-1, e hoje disputou o campeonato Australiano de Turismo, Nelsinho Piquet, campeão da Fórmula-3 Inglesa em 2004 e piloto da GP2, Daniel Serra, vice-campeão da Fórmula Renault em 2004, e de João Adibe, campeão do Trofeo Maserati.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *