MINI Challenge Brasil: Castilho vence e retoma vice-liderança

Carioca era o único entre os líderes a não vencer em 2012

Em uma das corridas mais emocionantes da temporada, o carioca José Mario de Castilho obteve sua primeira vitória na temporada 2012 do MINI Challenge, categoria que disputou uma rodada tripla no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina (PR). Castilho faturou o primeiro lugar na prova realizada neste domingo (1/7) no traçado londrinense, em uma etapa que teve três líderes e muitos acidentes – apenas nove carros completaram a prova.

Com o resultado o resultado, o carioca retomou a vice-liderança do torneio, que havia perdido ainda na primeira prova da rodada tripla, disputada na manhã do sábado. O gaúcho Vitor Genz chegou em terceiro e conseguiu manter a liderança na pontuação, com 229 contra 201 de Castilho. O segundo lugar na prova foi obtido pelo goiano Gabriel Corrêa, de 23 anos. Corrêa disputou apenas sua quarta corrida no MINI Challenge e é uma das boas surpresas da competição.

A primeira batida foi registrada logo após a largada e envolveu o pentacampeão do Rally dos Sertões, Jean Azevedo, que disputou neste fim de semana as primeiras corridas em autódromo de sua carreira. Na Curva 1, ele e os pilotos André Pedrotti e Raphael Reis se tocaram. Como resultado, todos abandonaram a corrida.

Duelo constante – Mas o acidente mais importante acabou envolvendo justamente os líderes. O pole Matheus Castro perdeu a ponta na largada para o segundo colocado no grid, Raphael Abbate. Após a interrupção da corrida pelo primeiro acidente, com entrada do safety car, a relargada foi autorizada na terceira volta. A dupla Abatte e Castro duelou durante todas as voltas pela ponta, com vários momentos em que a liderança poderia trocar de mãos. Atrás deles, Castilho, Corrêa e Genz vinham engatados nos líderes, sempre ameaçando tomar suas posições. Na 11a volta, Abatte entrou forte na Curva do Mergulho e acabou ficando com o carro de lado, mas com aderência suficiente para o contorno. Castro, que vinha muito perto, acabou optando pelo traçado interno e não teve como evitar o toque – que não teria maiores consequências caso não tivesse furado um dos pneus traseiros do rival.

Com a perda de pressão no pneu, Abatte rodou na curva seguinte, deixando a liderança para Castro. No entanto, a direção de prova interpretou o incidente como atitude antidesportiva por parte do gaúcho, e o excluiu da prova. A decisão colocou a liderança da corrida nas mãos do experiente José Mário de Castilho, que liderou as voltas restantes para receber a bandeirada em primeiro. “Até pela experiência que tenho em corridas procuro me manter o mais tranquilo possível, e isso ajuda a evitar erros e tomar as melhores decisões na prova”, disse o piloto, que comprova sua tese com uma excelente regularidade: obteve quatro segundos lugares, três terceiros e a vitória em Londrina. “No começo da corrida tive problema de superaquecimento do motor, mas depois que o carro normalizou pude imprimir um bom ritmo. Acho que, depois das três provas em Londrina, o campeonato ficou mais interessante. O Vitor (Genz) fez uma ótima campanha no início do ano, mas agora certamente está bem mais preocupado. Estou feliz por que estou na briga (pelo título)”, continuou.

José Mario de Castilho era o único entre os líderes do torneio que ainda não havia vencido em 2012, já que Vitor Genz, Raphael Abatte e a dupla Eduardo Scheer/Matheus Castro já haviam subido ao degrau mais alto do pódio. A próxima rodada tripla do MINI Challenge será disputada nos dias 14 e 15 de julho, no Rio de Janeiro.

Confira a classificação do campeonato:

1) Vitor Genz, 229

2) José Mário Castilho, 201

3) Matheus Castro, 191

4) Raphael Abbate, 174

5) Rodrigo Hanashiro, 110

6) Gabriel Correa, 106

7) A. Amaral/M. Wolfart, 92

8) Cristian Mohr, 86

9) Yuri Alves, 74

Eduardo Scheer, 74

11) Kreis Júnior, 71

12) A. Fortunato/W. Freitas, 67

13) Plautos Lins, 60

14) Eduardo Scheer, 50

15) Luis Augusto Alves, 46

16) Rolf Gemperli, 41

17) Oswaldo Scheer, 38

18) Franco Giaffone, 37

19) Eduardo Furlaneto, 29

20) Marcos Peixoto, 24

21) José Mario Viana, 24

22) Zander Fabio, 21

Leonardo Fortunato, 21

24) Carlos Taurisano, 17

Rafael de Sá, 17

26) Alexis Vilela/Nelson, 16

27) Jean Azevedo, 13

28) André Pedrotti, 9

29) Raphael Reis, 5

Veja os melhores nas três provas em Londrina:

CORRIDA 1:

1) Eduardo Scheer/Matheus Castro, 17 voltas em 26min03s596, média de 119,57 km/h

2) Raphael Abbate, a 1s736

3) José Mário de Castilho, a 2s657

4) Plautos Lins, a 3s143

5) Gabriel Correa, a 3s644

6) Kreis Júnior, a 4s371

7) A.Amaral/M. Wolfart, a 4s772

8) José Ricardo Viana, a 5s170

9) Jean Azevedo, a 5s792

10) Andre Pedrotti, a 6s972

11) Raphael Reis, a 8s150

12) Alexis Viela/Nelson, a 25s499

CORRIDA 2:

1) Matheus Castro/Eduardo Scheer, 19 voltas em 27min36s153, média de 126,17 km/h

2) Raphael Abbate, a 2s472

3) José Mário de Castilho, a 2s972

4) Vitor Genz, a 5s376

5) Gabriel Correa, a 6s415

6) Plautos Lins, a 6s906

7) Cristian Mohr, a 12s309

8) Rodrigo Hanashiro, a 16s480

9) José Ricardo Viana, a 23s577

10) Jean Azevedo, a 33s447

11) A.Amaral/M. Wolfart, a 33s855

12) Alexis Viela/Nelson, a 37s521

CORRIDA 3:

1) José Mário de Castilho, 18 voltas em 27min44s958, média de 118,90 km/h

2) Gabriel Correa, a 1s009

3) Vitor Genz, a 2s349

4) Rodrigo Hanashiro, a 3s911

5) Kreis Júnior, a 9s060

6) A.Amaral/M. Wolfart, a 10s856

7) José Ricardo Viana, a 28s864

8) Alexis Viela/Nelson, a 38s816

9) Plautos Lins, a 1 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *