MINI Challenge Cup: Matheus Castro vence, garante o vice e homenageia o pai

Piloto venceu a primeira e chegou em segundo na Bateria dois. Vitória na segunda corrida ficou com Rodrigo Hanashiro

A última etapa do MINI Challenge Cup foi marcada por fortes emoções e também pela conquista do vice campeonato pelo gaúcho Matheus Castro. Nesse sábado (20/10) o Autódromo Internacional de Curitiba recebeu as duas primeiras disputas da oitava rodada tripla do campeonato, com Matheus vencendo a primeira e Hanashiro a segunda.

Com a vitória, garantiu vantagem suficiente para sagrar-se vice campeão da categoria. O gaúcho dedicou a vitória de hoje ao pai, Luis Alberto de Castro, falecido recentemente. “Meu pai colocou o dedinho dele lá de cima, mexeu os pauzinhos e tudo deu certo pra mim, por que larguei muito mal na primeira prova. Curiosamente, essa largada ruim se tornou muito boa, por que eu caí para trás e acabei não me envolvendo na confusão do início da prova. Além disso o Vitor errou, o que é um fato muito raro, e eu consegui ultrapassá-lo. Com certeza meu pai me ajudou muito lá de cima”, comentou Matheus, comemorando a conquista ao lado do irmão Cristian Castro.

Já Hanashiro conquistou sua segunda vitória na temporada. “Perdi algumas posições na largada da segunda corrida e caí para quinto. Mantive a tranquilidade e consegui vir buscando com calma. Estava com um bom ritmo de corrida e fui para cima do Castro. A situação dele era bem confortável, então sabia que ele não arriscaria pois ele estava na disputa do vice”, comentou Hanashiro.

Corrida 1:
Na primeira prova uma grande confusão, logo na primeira curva do circuito paranaense, envolveu sete carros e modificou a história da prova. Matheus Castro se beneficiou por não ter conseguido fazer uma boa largada e conseguiu fugir dos acidentes. Quem se deu bem com isso foi o italiano Andrea Gagliardini, que pulou de 13o para quarto.

Após o incidente, os pilotos Marcel Wolfart, Cristian Mohr, Gabriel Correa, Zé Mario de Castilho e Alexis Vilela não conseguiram retornar para a disputa. O pole position Kreis Junior e Raphael Abbate também se envolveram na confusão, mas voltaram à prova. Genz assumiu a ponta, mas na relargada foi superado por Matheus e também por Rodrigo Hanashiro.

Na volta de número sete o atual campeão da temporada superou Hanashiro e as posições no pelotão dianteiro foram mantidas até o final, com Matheus na liderança, seguido por Genz, Hanashiro e Gagliardini. Enquanto isso Abbate, que havia caído para a última posição, iniciou uma boa recuperação. Deixou quatro concorrentes para trás, assumiu a quinta posição e completou o pódio.

Veja como terminou a corrida 1:
1. Matheus Castro – 15 voltas em 25min42s775
2. Vitor Genz/João Sant’Anna – 1.371
3. Rodrigo Hanashiro – 3.527
4. Andrea Gagliardini – 5.016
5. Raphael Abbate – 10.530
6. Plautos Lins – 13.179
7. Nelson Marcondes – 14.632
8. José Ricardo Viana – 16.151
9. Kreis Junior – a 3 voltas
10. Adriano Amaral/Marcel Wolfart – Não completou
11. Cristian Mohr – Não completou
12. Gabriel Correa – Não completou
13. Zé Mario de Castilho – Não completou
14. Alexis Vilela – Não completou

Corrida 2:
Na segunda corrida Andrea Gagliardini fez uma excelente largada e pulou de quarto para primeiro. No entanto, ainda na primeira volta, Castro se recuperou e voltou a liderar. Na volta dois, Hanashiro ultrapassou o italiano e três giros depois também ultrapassou Castro.

“O Hanashiro vinha muito rápido e acabou me ultrapassando. Pensei mais no campeonato e acabei não atacando muito. Mas ele merece, estava muito a fim de ganhar e andou bem. Mereceu a vitória”, elogiou Matheus.

Abbate foi punido com um drive through, por queima de largada e não teve chances de recuperação. Com isso, as posições foram mantidas, com a vitória de Hanashiro, seguido por Castro, Gagliardini, Plautos e Zé Ricardo Viana.

Veja como terminou a corrida 2:
1. Rodrigo Hanashiro – 17 voltas em 27min09s138
2. Matheus Castro – a 0.349
3. Andrea Gagliardini – a 2.656
4. Plautos Lins – a 8.083
5. José Ricardo Viana – a 13.712
6. Nelson Marcondes – a 16.062
7. Gabriel Correa – a 18.117
8. Vitor Genz/João Sant’Anna – a 25.932
9. Raphael Abbate – a 1volta
10. Cristian Mohr – a 1 volta
11. Adriano Amaral/Marcel Wolfart – Não completou
12. Kreis Junior – Não completou
13. Zé Mario de Castilho – Não completou

Classificação do campeonato (ainda sem os dois descartes obrigatórios):
1. Vitor Genz – 407 pontos
2. Matheus Castro – 348
3. José Mario de Castilho – 310
4. Raphael Abbate – 302
5. Rodrigo Hanashiro – 262
6. Gabriel Correa – 250
7. Cristian Mohr – 200
8. Kreis Junior – 179
9. Marcel Wolfart/ Adriano Amaral – 177
10. Plautos Lins – 137
*Resultados extra-oficiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *