Mini Challenge: Piloto de Fórmula Indy é convidado especial no grid do Mini Challenge

O jovem Mário Moraes volta a competir no Autódromo de Curitiba após cinco anos, e se diz maravilhado com o convite

O Mini Challenge abre neste final de semana (19 e 20/3) a segunda temporada de sua história no Autódromo de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, ao lado da Stock Car e do Mundial de Turismo, o WTCC. E no grid da categoria mais “cool” do automobilismo brasileiro para as provas deste sábado e domingo haverá um concorrente que todos os pilotos olharão com muita atenção. Mario Moraes, 22 anos, piloto do Campeonato Mundial de Fórmula Indy, é o convidado especial para disputar uma prova a bordo dos cobiçados modelos Mini de 211 cavalos de potência.

“É uma oportunidade muito legal. O convite partiu da própria Mini e aceitei na hora. O carro faz jus à sua fama. Tem uma estabilidade notável, e faz curvas com uma precisão muito interessante para quem gosta de comportamento esportivo. E também acelera bem, já que é um carro pequeno. E, claro, a versão de corrida chama muito a atenção, pois é montada em cima da versão original, que é linda e muito ‘invocada’. Os Mini são carros realmente muito bacanas, e tenho percebido entre os pilotos que o projeto é um sucesso também”, afirmou Moraes. Acostumado aos 650 cavalos de potência e à tração traseira dos Dallara-Honda da Fórmula Indy, que alcançam velocidades superiores aos 360 km/h nos ovais, Mario disse ter se divertido nos treinos realizados hoje na capital paranaense.

“É bem diferente do monoposto, mas impõe respeito, pois é um carro que passa dos 200 km/h”, afirmou o piloto, que competiu pela última vez no traçado paranaense durante sua passagem pela Fórmula 3 Sul-Americana, em 2006. Na ocasião, a prova também foi preliminar do WTCC. “Eu nunca havia andando em um carro com tração e motor dianteiros como o Mini. É totalmente o contrário do carro de fórmula em termos de reação, mas é muito divertido também”, destacou. A adaptação foi rápida, e Moraes registrou o quarto melhor tempo já na primeira sessão de treinos livres.

“O Mini Challenge é muito competitivo. Você tem 10, 15 pilotos dentro do mesmo segundo – e às vezes todo o grid está dentro dessa diferença. O evento é ótimo e é mais uma porta aberta para as competições do tipo turismo no Brasil, e assim o automobilismo brasileiro só tem a ganhar”, elogiou.

A programação do evento traz a largada da primeira bateria às 10h50 deste sábado (19), e a segunda corrida às 9h50 do domingo (20). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *