Moto 1000 GP: Everton Felizardo vence a primeira Corrida da GP Light na etapa de Curitiba

O paranaense Everton Felizardo, o Coleman, da Imprime Racing Team foi o vencedor da primeira corrida do fim de semana da Moto 1000 GP, no Autódromo Internacional de Curitiba.
A corrida também foi a primeira da temporada sob chuva e com muito vento.

Felizardo só participou da última sessão de treinos livres, na sexta-feira, mas foi o suficiente para fazer o melhor tempo. Hoje de manhã confirmou a condição ao fazer a pole-position, debaixo de muita chuva e frio. E na prova, fez a volta mais rápida com 1´33´´871, na 11ª passagem.

Apesar de pole, Felizardo (#181) não fez uma boa largada. Perdeu algumas posições ainda na reta mas recuperou-se rapidamente e conseguiu recuperar a ponta na terceira volta e abrir vantagem para os demais pilotos, embolados na disputa por posições.

João Vitor Batista, o Tripinha, também conseguiu se desvencilhar das disputas iniciais e abriu, porém, sem conseguir ameaçar Felizardo, que passou a controlar a distância para reduzir riscos de queda na pista molhada. Aliás, a pista ficou lisa e dois pilotos ficaram pelo caminho nas voltas iniciais: Edson Farias (#170) caiu na quarta volta e Joel Pompermayer (#83), na quinta.

Nas primeiras posições, as disputas mais acirradas foram nas sete primeiras voltas entre Joniran Saling (#121) e Robson Assumpção (#774). Também andaram sempre muito próximos Nicolas Iatauro (#39) e Eduardo Lataro (#89).

O líder da GP Light, Eduardo Costa Neto (#117), que largou em último depois de não treinar por causa de um problema na moto, fez uma corrida de recuperação. Ele fez várias ultrapassagens nas oito primeiras voltas, quando chegou a uma posição intermediária, em oitavo lugar, e não conseguiu chegar nos líderes da prova.

Ao final da corrida, durante a coletiva de imprensa, o campeão da BMW S1000RR Cup, e que ficou em sétimo geral na prova de hoje, disse que estava apreensivo por causa da chuva. “Foi novidade correr na chuva, é mais um aprendizado, experiências que vou somando. Foi ótimo, foi ótimo”.

O vencedor da prova, Everton Felizardo, disse na coletiva que se surpreendeu com a qualidade dos pneus de chuva da Michelin. “Larguei mal, daí tive que ‘cozinhar’ um pouco até estabelecer um ritmo para atacar os líderes, o que fiz depois da terceira volta, quando assumi a liderança. Conheço bem a pista, isso ajudou. O que me surpreendeu foi a qualidade do pneu de chuva, muito melhor do que eu esperava”.

Segundo colocado na prova e também no campeonato, João Victor Batista também esteve preocupado com a chuva. “Só havia corrido uma vez na chuva, na 250cc. Tentei acompanhar o Felizardo no final, mas não deu. Estou melhorando a cada prova, fiquei contente com o segundo lugar. E adorei correr na chuva. Por mim, que chova de novo amanhã”.

O gaúcho Joniran Saling, em terceiro na prova, disse durante a coletiva que está aprendendo muito no Moto 1000 GP. “A queda (na corrida) do domingo em Santa Cruz me fez mais cauteloso. Hoje fui com mais calma. Mas adorei correr na chuva, é divertido; adorei os pneus de chuva, melhor do que imaginava. Estou com os pés dentro da Moto 1000 GP nesta etapa, na do Rio e na temporada do ano que vem”.

Confira o resultado da corrida:

1º. – (#181) Everton Felizardo (PR) – 23´59´´376 GP Light
2 º. – (#73) João Vitor Batista (MS) a 2´´056 GP Light
3 º. – (#121) Joniran Saling (SC) a 13´´484 GP Light
4 º. – (#89) Eduardo Lataro (PR) a 28´´598 GP Light
5 º. – (#39) Nickolas Iatauro (SP) a 29´´ 773 GP Light
6 º. – (#774) Robson Assumpção (PR) a 31´´354 GP Light
7 º. – (#70) Ricardo Kastropil (SP) a 45.992
8 º. – (#117) Eduardo Costa Neto (SP) a 59.063
9 º. – (#739) Gilbert Paz (PR) a 1´00´´192
10 º. – (#91) Luis Fittipaldi (DF) a 1’29´´528
11 º. – (#55) Walter Haertel Jr (SP) a 1’29´´789
12 º. – (#331) Gilberto Schoeninger (SC) a 1 volta
13 º. – (#314) Darci Cezar Anadão (SP) a 1 volta
14 º. – (#48) Rodrigo Nini Pacheco (SP) a 1 volta
15 º. – (#72) Sérgio Laurentys (SP) a 1 volta
16 º. – (#133) Pedfro Roberto dos Santos (PR) a 1 volta
17 º. – (#444) Anderson Oliveira (SP) a 1 volta
18 º. – (#83) Joel Pompermayer (SP) a 7 voltas
19 º. – (#170) Edson Luis de Farias (SP) a 11 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *