Moto 1000GP: Alex Barros dá show e vence a GP 1000

Após largar na ponta e garantir a primeira colocação com certa vantagem durante toda a primeira etapa da GP 1000 em Interlagos, Alexandre Barros recebeu a bandeirada final como o vencedor em São Paulo.

“Para mim é um prazer correr com nesta categoria, que vem crescendo na questão da qualidade técnica dos pilotos. A melhora é nítida e creio que daqui a dois anos, estaremos no padrão dos grandes campeonatos mundiais. Quem me dera se há 15 anos, eu tivesse essa realidade”, lembrou Barros, vencedor em sete etapas do Mundial de MotoGP, que em Interlagos, correu para substituir seu filho, Lucas Barros, se recuperando de uma lesão. “Eu agora, como chefe de equipe, fico feliz em ver que a categoria tem evoluído”, completou ele.

 

Luciano Ribodino, piloto argentino que este ano defende o título de atual campeão da GP 1000, se disse feliz. “Não consegui acompanhar o Alex, mas a disputa com o Faustino foi muito boa. A moto estava acertada e mantive o ritmo”, frisou o piloto da moto número 1.

“Voltar e conseguir um pódio é muito gratificante. Esse terceiro lugar teve gosto de vitória, porque serve também para tirar a ferrugem”, brincou Diego Faustino, em seu retorno à categoria, no GP Petrobras no circuito paulista.

 

A próxima etapa do Moto 1000 GP acontecerá no Autódromo de Curitiba, no dia 26 de maio.

 

Confira o resultado final da categoria GP 1000, realizada neste domingo (20), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo:
1°) Alex Barros, 15 voltas em 24mins59s067
2°) Luciano Ribodino, a 16s050
3°) Diego Faustino, a 16s134
4°) Ricieri Luvizotto, a 24s309
5°) Alan Douglas, a 24s922
6°) Murilo Colatreli, a 32s675
7°) Alecsandre De Grandi, a 33s496
8°) Sebastiano Zerbo, a 34s251
9°) Miguel Praia, a 37s423
10°) Alberto Lopez, a 46s790
11°) Danilo Lewis, a 47s258
12°) Helder Shad, a 1min30s786
13°) Octávio Lucchini, a 1min47s274
14°) Victor de Moura, a 1 volta
15°) Marcos Salles, a 1 volta
16°) Alex de Quadros, a 1 volta
17°) André Luiz Carvalho, a 1 volta
18°) Daniel Lenzi, a 1 volta
19°) Jaime Cristobal, não completou
20°) Diego Pretel, não completou
21°) Wesley Gutierrez, não completou
22°) Rafael Paschoalin, não completou
23°) Pierre Chofard, não completou
Melhor volta: Alex Barros, na 3ª, 1min38s569, média de 157,376 km/h
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *