Moto: Delefrati e Mattei são campeões brasileiros de motovelocidade em 2008

Mais de quinze mil pessoas acompanharam a final do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, que abriu a Virada Esportiva de São Paulo, neste sábado (15 de novembro). A decisão foi um verdadeiro show, com grandes disputas em todas as categorias que estavam com o título em aberto.

Na 250cc, a Grande Final foi muito acirrada. Apenas três décimos separaram os seis primeiros colocados, sendo que dois deles estavam na briga pelo troféu. Igor Calura liderou grande parte da prova e ficou perto do título até a penúltima volta, quando estava em segundo lugar. Na volta final porém, foi ultrapassado por quatro adversários e terminou na sexta colocação.
 
Odair Delefrati, que fez uma belíssima prova, ficou em segundo lugar e garantiu o título. O piloto, que é o mais velho da categoria, mostrou todo o seu talento em Interlagos. Ele havia vencido a etapa de abertura também no mesmo circuito.
 
Na 250cc Jr, quem se deu bem foi Lucas Mattei. O piloto duelou durante toda a prova com Douglas Figueiredo, chegou na frente, e ficou com o título. De quebra, ainda viu seu rival ser desclassificado por combustível fora das especificações.
 
Surpresa na 1ª bateria da Superbike. O campeão antecipado Gilson Scudeler, que havia vencido todas as provas, queimou a largada e foi penalizado com um stop and go. Melhor para Pierre Chofard que aproveitou a ausência de seu companheiro de equipe e conseguiu a vitória. Murilo Colatreli ficou em segundo e Bruno Corano, em terceiro. A bateria teve ainda uma segunda largada, um grande acidente envolvendo quatro pilotos anulou a primeira.
 
Na 2ª bateria, Gilson se recuperou do mau resultado da prova anterior e conseguiu a vitória. Cristiano Vieira terminou na segunda colocação, seguido de Pablo Martins. Na categoria Pop 100, que fez sua estréia em Interlagos, o vencedor foi Sandro Paganelli. Igor Calura ficou em segundo, seguido por Devanir Folheto.
 
Na categoria Hornet, Alecsandre “Doca” Brieda, que foi punido na etapa de Cascavel, correu através de uma liminar e venceu a prova na última curva, seguido de Maico Teixeira e William “Pamonha” Pontes. Com o resultado, Pamonha levaria o título, mas a decisão ainda depende de julgamento.
 
Falta de energia
 
A falta de energia em toda a região do autódromo prejudicou a Grande Final do Brasileiro de Motovelocidade, em Interlagos. As largadas tiveram que ser feitas manualmente, os pilotos tiveram que trocar seus próprios pneus sem o auxílio das máquinas. Na transmissão online, feita pelo site www.cbm.esp.br, os fãs não puderam acompanhar a transmissão da categoria 250cc.
 
O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade é patrocinado pela Honda e Móbil. Apoio Roncar e Pirelli.
 
Resultados da etapa
 
SBK 1
 
1º Pierre Chofard – 29:01.443 – Team Scud/Petrobrás
2º Murilo Colatreli – 29:08.956 – Equipe Roncar
3º Bruno Corano – 29:09.179 – Suzuki/Santander
4º Cristiano Vieira – 29:09.776 – Spiga Racing
5º Pablo Martins – 29:10.488 –Target Race
 
SBK 2
 
1º Gilson Scudeler – 29:00.324 – Team Scud/Petrobrás
2º Cristiano Vieira – 29:06.939 – Spiga Racing
3º Pablo Martins – 29:07.041 – Target Race
4º Bruno Corano – 29:08.050 – Suzuki/Santander
5º Danilo Andric – 29:12.275 – Vaz/Yamaha
 
Hornet
 
1º – Alecsandre “Doca” Brieda – 31:19.264 – Bardahl /Levorin
2º – Maico Teixeira – 31:19.448 – Autolub
3º – William “Pamonha” Pontes – 31:20.164 – Eletrobrás
4º – Fábio Peasson – 31:43.742 – Motopark
5º – João Girão – 31:49.898
 
250 cc
 
1º – Osmar Cefrin – 30:15.156 – Sérgio Pneus
2º – Odair Delefrati – 30:15.227 – Londrináutica
3º – Bruno Schunck – 30:15.250 – Schunck/Rebelli
4º – Marcos Nishimoto – 30:15.264 – Santander
5º – Diego Faustino – 30:15.330 – Sercomtel
 
250cc Jr
 
1º – Lucas Mattei – 30:15.335 – Bode Competições
3º – Ricieri Luvizotto – 30:58.506 – Team/Ossel
 
Classificação do Campeonato
 
SBK (sem os descartes)
 
1º – Gilson Scudeler – 286 pts
2º – Danilo Andric – 183 pts
3º – Cristiano Vieira – 143 pts
4º – Murilo Colatreli – 135 pts
5º – Róbson Portaluppi – 122 pts
 
Hornet
 
1º – William “Pamonha” Pontes – 91 pts
2º – Alecsandre “Doca” Brieda – 87 pts
3º – Maico Teixeira – 81 pts
4º – Fábio Peasson – 77 pts
5º – Carlos Cruz – 67 pts
 
250 cc
 
1º – Odair Delefrati – 92 pts
2º – Igor Calura – 83 pts
3º – Marciano Santin – 83 pts
4º – Renan Alves – 72 pts
5º – Sandro Paganelli – 68 pts
 
250 cc Jr
 
1º – Lucas Mattei – 114 pts
2º – Douglas Silva – 85 pts
3º – Ricieri Luvizotto – 73 pts
4º – Jefferson do Carmo – 70 pts
5º – Murilo Lara – 69 pts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *