Moto: Pilotos Honda garantem as primeiras posições na abertura do Mundial de Motocross

Etapa de abertura foi disputada durante uma forte chuva na cidade italiana de Faenza.

Nas três classes, as disputas se mostraram fantásticas. Depois de um sábado tranqüilo, o domingo foi marcado por chuvas torrenciais e muitas dificuldades na pista. Por isso, a organização composta pela Youthstream e pelo Motoclube Faenza teve muito trabalho para drenar a pista e deixa-la em condições de pilotagem. Mesmo com um excelente trabalho, as segundas corridas, da MX1 e da MX2 foram canceladas para preservar a segurança dos pilotos.
Com a vitória, Tanel Leok garantiu também a liderança da categoria MX1. Os pilotos Honda sofreram com as duras condições e acabaram perdendo espaço para os adversários. Mesmo assim, o belga Clement Desalle, da equipe LS Motors Honda garantiu o terceiro lugar.

Na categoria MX2, o jovem francês Gautier Paulin fez uma forte corrida. O também francês Marvin Musquin, do Team NGS Honda terminou com o terceiro lugar. Depois de uma parada para trocar as luvas, o piloto imprimiu um ritmo forte e chegou a pressionar o adversário.

Entre os veteranos, o piloto belga Peter Evan, da Honda, foi o mais rápido, depois de uma forte disputa com os adversários em todas as baterias.

Classificação:

MX1

1 – Tanel Leok – Estônia
2 – Ken de Dicker – Bélgica
3 – Clement Desalle – Bélgica – Honda
4 – Aigar Leok – Estônia
5 – Antonio Cairolli – Itália

MX2

1 – Gautier Pulinj – França
2 – Jeremy van Horebeek – Bélgica
3 – Marvin Musquin – França – Honda
4 – Davide Guarneri – Itália
5 – Joel Roelants – Bélgica

Veteranos

1 – Peter Evan – Bélgica – Honda
2 – Matts Nilsson – Suécia
3 – Jan Blancquaert – Bélgica
4 – Christophe Lhertiteau – França
5 – Alessandro Puzar – Itália – Honda
8 – Erwin Hendrickx – Holanda – Honda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *