Moto: Público lotou as arquibancadas para assistir a 3ª e 4ª etapa do Minicross

A cidade de Paranaguá, PR, recebeu nos dias 5 e 6 de julho, a 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasileiro de Minicross, no Aeroparque da cidade. Com sol durante os dois dias de competição, o público de quase 5 mil pessoas lotou a arquibancada para ver as “ferinhas” em ação.

No sábado, dia 5, foram realizados os treinos livres, classificatórios e o primeiro dia de provas. Na categoria A, Leonardo Cassarotti largou na frente e não deu brecha para os concorrentes. Leonardo venceu de ponta a ponta. Na segunda posição chegou Pedro Oliveira, seguido de Leonardo Nunes, na terceira posição.
 
A segunda categoria a correr foi a categoria B, com pilotos de sete a oito anos. Guilherme Torres largou em primeiro e, acelerou bastante, deixando a briga pela segunda colocação para três pilotos: Carlos Tavares Evangelista, Enzo Lopes e Matheus Freschi. Os três pilotos disputaram a segunda posição durante três voltas. No finalzinho da prova, Enzo acelerou forte e se aproximou de Guilherme Torres. Faltando apenas três voltas para o fim, Enzo conseguiu a ultrapassagem sobre Guilherme e, fatura a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Minicross. Na segunda posição chegou Guilherme Torres, seguido de Matheus Freschi.
 
Para a categoria C, de pilotos até 9 anos, Kioman Navarro não teve dificuldades para ganhar a etapa. Largando na frente, Kioman não teve sua posição atacada em nenhum momento da prova. A disputa que chamou atenção do público foi entre os pilotos Matheus Galves e Djalma Brito, pela segunda colocação. Faltando duas voltas para o fim, Djalma fez a ultrapassagem e chegou na segunda posição. A terceira colocação ficou com Matheus Galves.
 
No segundo dia de prova, o domingo, a garotada repetiu a dose e mostrou toda a sua habilidade. Na categoria A, novamente, Leonardo Cassarotti venceu de ponta a ponta. Pedro Oliveira tentou se aproximar, mas não conseguiu e chegou em segundo, seguido de Leonardo Nunes.
 
Na categoria B, Enzo Lopes demonstrou todo o seu talento. Largando em quinto, o piloto-mirim não demorou para assumir a primeira posição. Além de fazer belas ultrapassagens, ele contou com o abandono de Carlos Tavares Evangelista, que havia largado em primeiro. Na segunda posição chegou Guilherme Torres e Pietro Grazik Pimentel em terceiro.
 
Na categoria C, Kioman Navarro segurou os ataques de Djalma Brito e venceu pela segunda vez. Em segundo chegou Djalma Brito, seguido de Matheus Galves.
 
A 3ª e 4ª etapas do Brasileiro de Minicross tiveram a organização do Moto Clube de Paranaguá com apoio da Prefeitura e Fundação de Esportes. Supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo e Federação Paranaense de Motociclismo. Patrocínio de Pro Tork, maior fabricante de peças da America Latina e Sambaqui/Honda.
 
O Campeonato Brasileiro de Minicross tem supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo e apoio das marcas ASW, FOX, LEM Motor e General Motors.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *