Motocross: Mundial está confirmado em Campo Grande

Agora é oficial: a cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, irá receber o Mundial de Motocross, nos dias 21 e 22 de agosto. Os últimos papéis foram assinados na semana passada e a cidade já se prepara para receber os principais pilotos do mundo.

A responsável por trazer a etapa para o Brasil é a Bracco Internacional, empresa que detém os direitos de realização de provas do Mundial em toda a América Latina. A empresa foi criada pelo italiano Federico Carli, que trabalha com esporte há mais de 10 anos e foi o responsável por promover o retorno do Mundial ao país ano passado e por Rafael Rocha, (ex-grupo Lance) que foi um dos principais responsáveis pela montagem e estruturação da etapa do Mundial em 2009. A empresa tem planos ambiciosos para a etapa deste ano.
“Estamos imaginando um evento ainda mais grandioso do que ano passado. Iremos sediar a 13ª etapa, o campeonato estará na reta final, mas ainda faltarão três até a definição do título. Logo, muitos pilotos ainda estarão com aspirações de serem campeões mundiais e a presença dos maiores nomes do esporte deve aumentar”, comentou o Diretor Executivo da empresa Federico Carli.
Os ingressos para a prova estarão à venda em junho. Na edição de 2010, eles serão divididos em três setores: geral junto à pista, geral mais arquibancada e camarote. Na geral, o público ficará em pé e assistirá a prova do lado da pista. Na arquibancada, os espectadores já terão uma visão mais privilegiada e poderão acompanhar a corrida sentados. Assim como em 2009, “o camarote terá localização ainda mais privilegiada, contará com um melhor serviço de buffet e bebidas e o melhor é que empresas poderão adquirir seu próprio camarote” completou o diretor comercial e de marketing da Bracco, Rafael Rocha.  
Um novo site do GP Brasil de Motocross entrará no ar em breve, trazendo  informações sobre o local da prova e os postos de venda para adquirir o seu ingresso. Além disso, nele os fãs do esporte poderão encontrar notícias sobre a prova e muitas outras novidades.
A temporada de 2009 do Campeonato Mundial de Motocross está emocionante. Na MX1, o atual campeão Antonio Cairoli é o atual líder, mas vem sendo seguido de muito perto por Maximilian Nagl e Steve Ramon. Na MX2, os brasileiros terão a oportunidade de ver pela primeira vez a sensação Jeffrey Henrlings.
Com apenas 15 anos, ele venceu a última etapa do mundial, que aconteceu em Valkenswaard, na Holanda e se tornou o segundo piloto mais jovem da história a vencer uma prova. Ele está na terceira colocação no campeonato, atrás de Marvin Musquin e Ken Roczen, que lidera com apenas um ponto de vantagem sobre o francês.
O anúncio da chegada do Mundial de Motocross já causou impacto na cidade de Campo Grande. O estado do Mato Grosso do Sul tem histórico no esporte, tendo recebido etapas do Campeonato Brasileiro há mais de dez anos. A expectativa é de um público ainda maior do que em Canelinha/SC, que no ano passado recebeu mais de trinta e cinco mil pessoas no motódromo Arthur Jachowicz.
O GP Brasil de Motocross 2010 tem o patrocínio do Governo do Estado do Mato Groso do Sul, Mormaii, Red Bull e Teka Group. Realização Bracco Internacional eYouthStream, além da Supervisão Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul e Federação Internacional de Motociclismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *