MotoGP: Crise no Japão provoca adiamento da etapa da MotoGP

Prova de Motegi, que seria em abril, deverá ser realizada em outubro

O primeiro reflexo dos terremotos e tsunamis no Japão para o esporte a motor foi sentido nesta terça-feira. A Federação Internacional de Motociclismo anunciou o adiamento da etapa japonesa do Mundial de MotoGP, que seria disputada no dia 24 de abril, em Motegi.

Como há um hiato de quatro semanas no calendário entre as corridas de Aragón (Espanha) e Philip Island (Austrália), a corrida foi remarcada para o dia 2 de outubro.

O autódromo japonês não teve a sua estrutura prejudicada pelos recentes episódios que mataram milhares de pessoas. Mas, devido à crise de infraestrutura decorrente dos desastres, o GP foi adiado.

No ano passado, a corrida de Motegi já havia sido adiada de abril para outubro devido à crise no setor aéreo provocada pela erupção de um vulcão na Europa.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *