MotoGP: Pedrosa é o mais rápido na Inglaterra; Rossi foi o oitavo

Apesar de machucado, Valentino Rossi, da Yamaha, conseguiu marcar presença nos treinos livres desta sexta-feira para o Grande Prêmio da Inglaterra de MotoGP, no circuito de Donington Park. O italiano não foi o mais veloz do dia, mas aparece com o sétimo tempo, bem melhor que o último lugar no grid conquistado na etapa passada, na Holanda.

Na primeira sessão de treinos livres em Assen, na semana passada, Rossi caiu de sua moto e sofreu luxação em um osso da mão e um do pé. Ele correu sob o efeito de analgésicos nos dias seguintes, mas não conseguiu resultados significantes.

O mais veloz da sexta-feira foi Daniel Pedrosa, da Honda, um dos pilotos que disputam a ponta do campeonato. O tempo do espanhol ficou em 1:28.970, seguido dos 1:29.025 de John Hopkins, da Suzuki.

Marco Melandri, da Honda, um dos três pilotos que se feriram durante o GP da Catalunha, há duas semanas, demonstra já estar recuperado. Com a marca de 1:29.196 ele aparece com o quarto tempo da sexta.

Donington, é um dos circuitos onde Rossi mais gosta de correr, e onde ele esperar poder voltar a se recuperar no campeonato. “Tenho muitas coisas a fazer para absorver a dor e ajudar o osso a curar”, disse o italiano sobre suas luxações.

“Mas se estou apenas 50% saudável, acredito que ainda posso vencer em Donington. É como minha segunda casa”, acrescentou o piloto.

Loris Capirossi, da Ducati, mais um dos feridos no acidente do GP da Catalunha, também foi para a pista de Donington, mas seu desempenho continua não sendo dos melhores. Com a marca de 1:29.798, ele aparece como o 11º do dia.

Já seu companheiro, Sete Gibernau, que sofreu uma cirurgia devido à fratura na clavícula, declarou nesta semana que acredita poder voltar a correr na etapa da Alemanha, que acontece no próximo dia 16.

“Eu ainda estou sentindo dores, mas minha cabeça não está mais dolorida e a operação na clavícula foi um sucesso”, afirmou Gibernau, que ocupa o 13º lugar na classificação geral dos pilotos da MotoGP.

A corrida deste domingo é a nona das 17 provas do calendário 2006 da categoria e marca o início da segunda metade do calendário.

Fonte: UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *