MotoGP: Stoner supera dores, brilha e lidera segundo dia de treinos

Ao mesmo tempo em que reclama por ainda sentir dores no punho esquerdo, operado há três meses, Casey Stoner continua brilhando nos testes coletivos da MotoGP em Sepang. Segundo colocado na quinta-feira, data de abertura dos treinamentos, o australiano foi o melhor piloto desta sexta, superando com o tempo de 2min01s483 os italianos Loris Capirossi e Valentino Rossi.

Embora tenha sido o vice-líder na Malásia na quinta, a apenas 0s169 de Capirossi, Stoner surpreendeu ao revelar que seu punho continua-o impedindo de guiar da melhor maneira.Apesar das dores, o campeão mundial de 2007 mais uma vez brilhou na pré-temporada, melhorando em quase seis décimos de segundo o tempo que marcara no dia anterior.

Ao cravar 2min01s483 em apenas 29 completadas nesta sexta, o representante da Ducati superou Capirossi por 0s072. O veterano, aliás, segue como uma das surpresas dos treinamentos e pode pintar bem no campeonato. O bom rendimento da nova Suzuki, a GSV-R, ainda ficou claro em função do quinto lugar obtido por Chris Vermeulen.

Já Rossi, que assim como Stoner encara os testes com problemas físicos, visto que sofreu acidente doméstico no último sábado e levou seis pontos na mão e outros seis no pé, mais uma vez fechou o dia na terceira colocação. Em todo caso, o italiano da Fiat Yamaha ficou próximo do ritmo dos rivais, tendo anotado 2min01s626.

Uma das decepções da quinta-feira, quando foi apenas o oitavo piloto mais rápido, Dani Pedrosa reagiu desta vez e apareceu em quarto, superando por quatro postos seu novo parceiro na Repsol Honda, Andrea Dovizioso.

Se Pedrosa deu mostras de recuperação, outro jovem espanhol apontado como candidato ao título novamente decepcionou. Apenas no décimo posto, Jorge Lorenzo esteve bem longe de Rossi, seu companheiro de equipe. Situação parecida foi a vivida por Nicky Hayden, que na nona colocação mais uma vez não conseguiu acompanhar Stoner a bordo da Ducati.

Confira os tempos desta sexta-feira em Sepang:

1: Casey Stoner (AUS/Ducati) – 2min01s483 (29 voltas)
2: Loris Capirossi (ITA/Suzuki) – 2min01s555 (45)
3: Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha) – 2min01s626 (40)
4: Dani Pedrosa (ESP/Repsol Honda) – 2min01s860 (51)
5: Chris Vermeulen (AUS/Suzuki) – 2min02s086 (52)
6: Toni Elias (ESP/Honda Gresini) – 2min02s232 (51)
7: Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3) – 2min02s241 (37)
8: Andrea Dovizioso (ITA/Repsol Honda) – 2min02s434 (44)
9: Nicky Hayden (EUA/Ducati) – 2min03s034 (58)
10: Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha) – 2min03s056 (51)
11: Sete Gibernau (ESP/Ducati Ducati Onde 2000) – 2min03s308 (40)
12: Alex De Angelis (SMR/Honda Gresini) – 2min03s518 (40)
13: Mika Kallio (FIN/Ducati Alice Team) – 2min03s774 (55)
14: Niccolo Canepa (ITA/Ducati Alice Team) – 2min04s021 (45)
15: Norihiko Fujiwara (JAP/Yamaha) – 2min04s312 (36)
16: Yuki Takahashi (JAP/Honda Scot Team) – 2min04s332 (65)
17: Randy De Puniet (FRA/Honda LCR) – 2min04s507 (48)
18: Wataru Yoshikawa (JAP/Yamaha) – 2min04s536 (50)
19: James Toseland (GBR/Yamaha Tech 3) – 2min04s597 (36)

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *