Motovelocidade: Bruno Corano busca liderança isolada na Supersport

Em sua primeira temporada completa, o paulista do Team Scud Petrobras divide primeira posição na tabela com o mineiro Thiriet.

O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade tem na categoria Supersport uma das disputas mais equilibradas pelo título de 2006. A quinta etapa, que será disputada na tarde deste domingo (27) no Autódromo Municipal José Carlos Pace, no bairro paulistano de Interlagos, proporcionará um desempate entre dois pilotos – o paulista Bruno Corano e o mineiro Philippe Braga Thiriet, que acumulam os mesmos 65 pontos na liderança da competição.

Corano pilota para o Team Scud Petrobras, mesma equipe que ocupa as duas primeiras posições na tabela de classificação da categoria Superbikes com os paulistas Gilson Scudeler e Pierre Chofard. Cumprindo sua primeira temporada completa no Brasileiro de Motovelocidade, chegou à liderança da Supersport ao vencer a terceira etapa, no dia 26 de junho em Campo Grande. Thiriet alcançou o empate na prova de 16 de julho, em Curitiba.

A corrida de domingo em Interlagos marcará o início da segunda metade do Campeonato Brasileiro. “Há muita competitividade na categoria, tanto é que as quatro etapas tiveram vencedores diferentes”, frisa Corano. De fato, Thiriet venceu a primeira etapa, Murilo Colatrelli faturou a segunda e Ademilson Peixer, a quarta. “É claro que a meta é ganhar de novo, mas é bom lembrar que um único pontinho pode decidir o campeonato”, ele acrescenta.

Pilotando a moto número 34 do Team Scud Petrobras, que leva as cores de BR Petrobras, GP Lubrax, Honda, Öhlins, Akrapovic, Shark, Arlen Ness, Black Vision, Samacar, Pro Heads, Luna, Calfin e Alpinestars, Corano foi o terceiro na primeira etapa, em Interlagos, foi quarto em Santa Cruz do Sul, venceu em Campo Grande e foi quinto em Curitiba. A campanha de Thiriet, pela ordem, traz uma vitória, um segundo lugar, um abandono e outro segundo lugar.

Após quatro etapas, a classificação da categoria Supersport no Brasileiro de Motovelocidade é a seguinte:1º) Philippe Thiriet (MG) e Bruno Corano (SP), 65 pontos;
3º) Murilo Colatrelli (SP), 58;
4º) Danilo Andric Silva (SP), 45;
5º) Ricardo Simohara (SP), 40;
6º) Ademilson Peixer (PR), 36;
7º) Daniel Mendonça (SE) e Paulo Gabriel (SP), 34;
9º) Leonardo Toledo (MG), 26;
10º) Antonio Bortolucci (SP), 25;
11º) Venício Cristofolini (PR), 12;
12º) Rodrigo Ribeiro (PA), 9.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *