Motovelocidade: Team Scud domina etapa final do Brasileiro de Motovelocidade e conquista dois vices

Chofard vence pela terceira vez na Superbikes e faz dobradinha com
Scudeler no campeonato. Na Supersport, Andric vence e Corano é vice.


Tal qual aconteceu nos treinos classificatórios da véspera, o Team Scud Petrobras obteve 100% de aproveitamento nas provas da oitava e última etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, neste domingo (12) no autódromo de Interlagos, em São Paulo. A equipe venceu as provas das categorias Superbikes, com Pierre Chofard, e da Supersport, com Danilo Andric Silva. Esses resultados significaram conquistas na classificação final.

Chofard largou da pole-position e venceu com quase quatro segundos de vantagem sobre Pablo Henrique Martins, que fez sua primeira corrida pelo Team Scud Petrobras e foi segundo. Gilson Scudeler, outro piloto da equipe, foi terceiro. A trinca deu o vice-campeonato brasileiro da Superbikes a Chofard, que venceu pela terceira vez no ano, repetindo os resultados obtidos nas em Curitiba e Campo Grande. Scudeler, com quatro vitórias, já tinha o título assegurado.

A terceira vitória no ano fez com que Chofard somasse 127 pontos, quatro a mais que Leandro Panades, que abriu a disputa em Interlagos como vice-líder e terminou a corrida na quarta colocação. Scudeler, campeão, somou 176. Martins, mesmo sem ter participado de três corridas, fechou a temporada em quarto, com 85 pontos. Ele ganhou a primeira corrida do ano, em Interlagos, onde ultrapassou Scudeler à linha de chegada e venceu com 0s002 de vantagem.

Na categoria Supersport, a comemoração foi dupla. Andric conquistou sua segunda vitória no Brasileiro e garantiu o terceiro lugar na classificação final do campeonato. Bruno Corano, outro piloto da equipe, foi segundo e assegurou o vice-campeonato com 130. O resultado deste domingo em Interlagos confirmou o paulista Murilo Colatrelli como novo campeão da Supersport –cruzou a linha de chegada em quarto, atrás também do mineiro Philippe Thiriet.

Colatrelli não foi o único piloto a comemorar o título na programação deste domingo em Interlagos. O paranaense Fábio Peasson alcançou sua terceira vitória no ano e comemorou o bicampeonato na categoria 250cc, superando o brasiliense William Pontes Marinho por um ponto – 146 a 145 na classificação final. O mineiro Alecsandre di Grandi, nas 500cc, e o paulista Murilo Henrique Ribeiro, nas 125cc, completam a relação dos campeões brasileiros de 2006.

Depois de 20 voltas, os 10 primeiros colocados na classificação final da oitava e última etapa das categorias Superbikes e Supersport no Brasileiro de Motovelocidade, neste domingo em Interlagos, foram os seguintes:
 
1º) Pierre Chofard (SP/Honda), Superbikes, 34min51s392
2º) Pablo Henrique Martins (SP/Honda), Superbikes, a 3s906
3º) Gilson Scudeler (SP/Honda), Superbikes, a 10s760
4º) Leandro Panades (SP/Suzuki), Superbikes, a 31s690
5º) Robson Portaluppi (SP/Suzuki), Superbikes, a 1min26s098
6º) Danilo Andric (SP/Kawasaki), Supersport, a 1min30s789
7º) Bruno Corano (SP/Kawasaki), Supersport, a 1min34s554
8º) Philippe Thiriet (SP/Yamaha), Supersport, a 1 volta
9º) Murilo Colatrelli (SP/Kawasaki), Supersport, a 1 volta
10º) Ricardo Simohora (SP/Honda), Supersport, a 1 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *