NASCAR Nationwide Series: Kyle Busch vence em New Hampshire

Kyle Busch (Toyota) venceu neste sábado (13/07), a CNBC Prime The Profit 200, no New Hampshire Motor Speedway, 17ª etapa da NASCAR Nationwide Series. Foi a sétima vitória de Busch, em 14 provas disputadas na temporada. Brian Vickers completou a dobradinha da Joe Gibbs Racing. Austin Dillon (Chevrolet) foi o terceiro.

A prova terminou após uma serie de bandeiras amarelas, que levaram a prova de das 200 voltas programadas, para 213. Faltando três voltas para o final Chad Hackenbracht (Toyota) rodou, provocando a primeira. Busch manteve a ponta na relargada, com Landon Cassill (Chevrolet) ficando sem combustível na pista, acionando outra amarela, enquanto Mike Wallace (Chevrolet) empurrava o carro de Cassill para os boxes.

Na relargada seguinte, Joey Logano (Ford) e Paul Menard (Chevrolet) se tocaram, provocando outra amarela. Com muitos pedaços de carros espalhados, a bandeira vermelha, de paralisação, foi acionada na 208ª volta. Na relargada final, na 211ª volta, para mais duas voltas em bandeira verde, Busch manteve a liderança, seguido por Vickers, Dillon, Michael Annett (Ford) e Elliot Sadler (Toyota). Na volta final, Sadler ficou sem combustível na curva dois, mas a amarela não foi agitada.

Pole-position, Busch venceu após liderar 141, das 213 voltas disputadas, com 0s466 de vantagem sobre Vickers. Busch soma 58 vitórias na NNS.

Logo na 43ª volta, um pit stop lento, derrubou Busch da liderança para a sétima posição. Vickers assumiu a liderança, até Busch recuperar a ponta, com uma ultrapassagem na primeira curva, na 107ª volta.

Vickers, em segundo (liderou 63 voltas), não conseguiu quebrar o jejum de vitórias na categoria, que dura desde setembro de 2003. Dillon foi o terceiro.

Brian Scott (Chevrolet) terminou em quarto, seguido por Annett e Trevor Bayne (Ford). Regan Vice-líder, Sam Hornish Jr. (Ford) foi o sétimo, seguido por Regan Smith (Chevrolet) líder do campeonato, Matt Kenseth (Ford), líder por nove voltas, e Alex Bowman (Toyota).

O brasileiro Nelsinho Piquet (Chevrolet) terminou na 12ª posição.

A prova teve sete bandeiras nas voltas: 37-40, 43-46, 123-127,131-134,200-202,204-205,207-211. Nas quatro primeiras, uma foi por detrito, duas por fluidos derramados na pista, e apenas uma por contato entre pilotos.

Smith lidera o campeonato com 594 pontos, cinco a mais do que Hornish Jr. Dillon é o terceiro com 582. Piquet, com 450, ocupa a 12ª posição.

A próxima etapa, no Chicagoland, acontece no dia 21 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *